São Gabriel sedia assinatura de convênio para fomentar a inseminação artificial aos pequenos produtores

O prefeito Roque Montagner recebeu em seu gabinete, no final da tarde da última terça-feira (28/01), o secretário estadual de Agricultura Luis Fernando Mainardi para a assinatura do Programa Estadual de Incremento da Qualidade Genética da Pecuária de Carne e Leite, “Dissemina”, que vai beneficiar São Gabriel, Alegrete e Quaraí. A solenidade contou com a presença do prefeito de Alegrete Erasmo Guterres Silva, do vice-prefeito de Quaraí Mário Raul Rosa, do deputado federal Dionilso Marcon, do líder do Governo na Assembléia Legislativa deputado Valdeci Oliveira, do diretor-presidente da Fepagro Danilo dos Santos, do presidente do Sindicato Rural Tarso Teixeira, secretários municipais e convidados.
A finalidade do programa é fomentar a prática da inseminação artificial em bovinos da pecuária leiteira e de corte, colaborando com as cadeias produtivas do segmento. Através de um projeto piloto a Secretaria Estadual de Agricultura já atendeu 30 municípios com recursos de R$ 1,4 milhão, de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, sendo R$ 1 milhão do repasse do MDA e R$ 461 mil de contrapartida da Fepagro de emenda do deputado federal Paulo Pimenta. A Secretaria de Agricultura adquiriu recentemente 90 mil doses de sêmen, enquanto a Fepagro qualificou os técnicos responsáveis e os inseminadores dos municípios, e fará o acompanhamento e monitoramento da ampliação da qualidade genética do rebanho leiteiro e de corte. Os municípios terão a responsabilidade de disponibilizar equipe qualificada para desenvolver o processo de cadastramento, tabulação de dados e execução da inseminação do rebanho aos produtores inscritos no programa.
O prefeito Roque Montagner disse que se trata de um programa muito importante, “pois vai nos ajudar a resolver problemas encontrados na genética dos rebanhos, contribuindo a médio prazo, com a qualidade da carne e maior produtividade do leite”. O secretário Luiz Mainardi afirmou que o Dissemina é um programa feito para o Estado e não de Governo. “Vamos repassar um valor que vai cumprir um papel importante na pecuária. Os programas tem que ser estruturantes e o nosso esforço é que haja mais produção por hectare, qualidade da carne e sanidade do animal”, destacou Mainardi. O trabalho mais difícil, segundo o secretário, ficará para os Municípios, que terão que conversar e mostrar que a inseminação trará diferença, especialmente para os produtores que ainda demonstram resistência.
Na fase de ampliação do Programa Dissemina, uma emenda do deputado Paulo Pimenta garantiu um orçamento de R$ 2,4 milhões, sendo R$ 1,9 milhão de repasse do Ministério da Agricultura e R$ 487 mil de contrapartida da Secretaria de Agricultura. Em 2014 a meta é atender 212 municípios com aporte de R$ 3 milhões do MDA e a previsão é distribuir 280 mil doses de sêmen.
Ao final da solenidade o prefeito Roque Montagner agradeceu a presença do presidente do Sindicato Rural Tarso Teixeira e do prefeito de Alegrete e vice-prefeito de Quaraí; ao deputado federal Dionilso Marcon, que destinou R$ 1,3 milhão durante o ano passado, para aquisição de patrulhas agrícolas, equipamentos e materiais diversos; ao deputado Valdeci Oliveira, “que sempre esteve junto conosco e nos representa na Assembléia Legislativa; ao presidente da Fepagro Danilo dos Santos, pela cedência de 10 hectares para a implantação da usina de reciclagem de leite; e aos secretários municipais pelas ações que estão sendo levadas a termo.

Comentários