Apoio estadual para aprovação da Lei Kiss

A mobilização para criar uma lei nacional mais rigorosa sobre a prevenção e proteção contra incêndios também ganha força na Assembleia Legislativa. Nesta terça (4), em audiência com o novo presidente da Assembleia Legislativa, Gilmar Sossella (PDT), que tomou posse na última sexta (31), o deputado Valdeci Oliveira (PT) reivindicou que o Parlamento Gaúcho reforce politicamente a defesa pela aprovação da chamada “Lei Kiss”, a qual está apta para votação no plenário do Congresso Nacional desde o ano passado. “Mesmo sendo um tema federal, o Parlamento Gaúcho tem legitimidade para fazer esta pressão positiva sobre a presidência e sobre os líderes do Congresso, na medida que, no ano passado, elaborou e aprovou uma lei anti-incêndio moderna, rigorosa e clara. Vários parlamentares federais gaúchos estão permanentemente dialogando e cobrando a votação, como é o caso do deputado Pimenta, e quanto mais apoio houver, melhor ”, afirmou.
O presidente da Assembleia aprovou a iniciativa e disse que a mobilização será priorizada no começo da sua gestão. “Mesmo com a aprovação da lei estadual, o Parlamento continua engajado neste tema tão caro para a sociedade”, assinalou.
Há possibilidade do deputado Sossella, nos próximos dias, liderar a ida de uma comitiva de deputados estaduais a Brasília para realização de audiências no Congresso Nacional sobre este tema e também sobre a renegociação da dívida do Estado firmada com a União em 1998.

Lembrança - Na sessão plenária desta terça, o deputado Valdeci foi à tribuna para relembrar a passagem do um ano do incêndio da Kiss e para defender que a cidade e o Estado se transformem em uma referência na prevenção a incêndios. “Isso está ao alcance da sociedade, se houver disposição coletiva”, argumentou.

Comentários