Câmara decreta Luto Oficial por Rivadávia Corrêa e Hortênsia Andretta

Na manhã desta quarta-feira, 05 de fevereiro, o presidente do Poder Legislativo de São Gabriel, vereador Marcos Paulo “Mec” Vieira, decretou Luto Oficial pela morte do comunicador e radialista Rivadávia Barbosa Corrêa, bem como da professora Hortênsia Andretta, ocorridos na mesma data. Os atos foram formalizados pelos Decretos Legislativos 492 e 493. 
Rivadávia Barbosa Corrêa, advogado, comunicador e diretor da Rádio Brasil Comunitária, teve destacada atuação na vida pública, iniciada aos 17 anos como assessor especial do governador Ildo Meneghetti, em cuja condição foi testemunha ocular dos desdobramentos do golpe militar de 1964. Foi também diretor da extinta Cooperativa Rural Gabrielense e um dos fundadores da antiga Rádio Querência FM. Implantou, com a RBC FM, a primeira rádio comunitária da região. Já a professora Hortênsia Andretta, sogra do vereador Paulo Sérgio Barros da Silva (PDT), foi lembrada por décadas de dedicação à educação pública de qualidade como professora, educando diversas gerações.
O presidente Marcos Vieira destacou a trajetória de educadora de Hortênsia Andretta, e a ligação de Rivadávia com o Poder Legislativo. “Dona Hortênsia representa uma classe de educadores notáveis, que influenciaram gerações inteiras de forma positiva. E o Rivadávia, sempre teve uma grande ligação com esta Casa, tanto como comunicador, sempre abrindo espaço da sua emissora para a transmissão das sessões legislativas, quanto como homem público, como Coordenador Parlamentar do Executivo de 2011 a 2012”, relembrou. Rivadávia foi também homenageado, em 2001, com o título honorífico de Gabrielense Emérito, conferido pelo Decreto Legislativo 4.379/2001.

Comentários