Ato de desagravo a Heinze e Moreira é cancelado

O ato de desagravo aos deputados federais Luis Carlos Heinze (PP) e Alceu Moreira (PMDB), acusados de racismo e homofobia por conta de declarações em uma audiência pública em Vicente Dutra, e que estava previsto para este sábado, 15 de março no Parque Assis Brasil em São Gabriel, está oficialmente desmarcado. Um dos motivos foi um pedido do próprio deputado Heinze, que agradeceu as manifestações de solidariedade dos produtores rurais, mas declarou que pretende encerrar a questão.
O deputado Heinze falou diretamente com o presidente do Sindicato Rural de São Gabriel e vice-presidente da Farsul, Tarso Teixeira, durante as atividades da Expodireto, em Não-Me-Toque, onde fez a solicitação, depois de ter garantido por diversas vezes sua presença no ato. “Quero agradecer aos produtores de São Gabriel e região pela mobilização e pelo apoio. Certamente que não vou me esquecer deste apoio numa hora difícil”, afirmou.
Outra das razões manifestadas para o cancelamento do ato foi a impossibilidade de comparecimento do deputado federal Alceu Moreira, já que a data coincidia com a realização da Convenção Estadual do PMDB, partido a que pertence o parlamentar. “Respeitamos a posição dos parlamentares, e entendemos que nossa parte já foi feita”, destacou Tarso Teixeira. 



Comentários