“Minha Casa Melhor” movimenta R$ 1,5 milhão no comércio

Ligia Pinheiro disse estar concretizando o maior sonho de sua vida
Os lojistas de móveis e eletrodomésticos de São Gabriel estão comemorando as vendas nos últimos dias, com a injeção de um grande suporte financeiro do Programa do Governo Federal “Minha Casa Melhor”. A previsão deste aquecimento da economia gabrielense havia sido prevista pelo prefeito Roque Montagner, desde o momento da entrega das chaves para os 300 contemplados com as unidades habitacionais do Residencial Antônio Trilha, pois a maioria das famílias já está desfrutando do cartão “Minha Casa Melhor”.
Segundo o prefeito, trata-se de uma linha de crédito da CEF no valor de R$ 5 mil, lançada pelo Governo Federal, possibilitando aos contemplados com as unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida, comprar móveis e eletrodomésticos por preços acessíveis. “Através desta prioridade do Governo Municipal, que é a habitação, também como gestores públicos estamos possibilitando que o comércio local tenha aumento nas vendas, o que consequentemente oportunizará a contratação de novos funcionários, gerando mais empregos no Município, cumprindo assim mais uma das propostas do Plano de Governo, apresentadas durante a campanha eleitoral. Com certeza nos próximos dias, após as 300 famílias concluírem suas compras, totalizará um investimento de R$ 1,5 milhão no comércio local”, afirmou o prefeito.
Claiton Santiago Lucas que há 25 anos atua no comércio como gerente de loja, declarou que a procura pelos móveis e eletrodomésticos começou no início de março. Já as compras efetivamente estão sendo realizadas desde quinta-feira (27/03), momento em que as famílias desbloquearam o cartão. “Observamos que o movimento na empresa cresceu muito, pois além dos 5% de descontos que o programa proporciona, estamos oferecendo preços atrativos, tudo como se fosse à vista. Até este momento, notoriamente as vendas cresceram cerca de 30%”, afirmou Claiton Lucas.
Já o gerente de uma das mais antigas lojas do ramo em São Gabriel, Gustavo Borges, declara que com a entrega dos cartões, o movimento cresceu muito, inclusive nos últimos três dias, no fechamento do mês de março, houve um aumento de 50% nas vendas. “Inclusive hoje está chegando direto da matriz de nossa loja, uma carreta somente com móveis e eletrodomésticos que foram vendidos para as famílias do Residencial Antônio Trilha. As pessoas estão gastando uma média de R$ 3,5 mil, somente nestas primeiras compras”, finalizou Gustavo Borges.
Silvano Bernardy, natural de Sobradinho e que está há quatro anos em São Gabriel, como gerente de uma outra loja cadastrada no Programa, disse que diariamente são cerca de três ou quatro vendas realizadas. “Nosso movimento aumentou cerca de 30% este mês. Isso é bom para os empresários, mas também para a população que anteriormente não tinha casa própria e nem condições de adquirir estes produtos. Com certeza nos próximos dias as vendas aumentarão ainda mais”, concluiu Silvano.
Quem também comemorou a conquista do novo lar foi Ligia Terezinha Ferreira Pinheiro no momento em que efetuava a compra dos móveis para seu novo endereço, o Apartamento 353, do Bloco N, do Residencial. Terezinha, bastante emocionada, acompanhada das filhas Liziane e Elizângela, disse estar concretizando o maior sonho de sua vida. “Nasci no Azevedo Sodré e vim para a cidade aos 10 anos de idade onde trabalho até hoje, morava em uma casa emprestada, esperava por 6 anos para ter minha própria casa, até que este dia chegou. Estou muito feliz e agradeço o empenho do Governo Municipal para a concretização deste sonho”, destacou Terezinha.