São Gabriel sediará Diálogos CDES amanhã

A Secretaria Executiva do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Conselhão) realiza um debate sobre desenvolvimento econômico e social em São Gabriel. O objetivo é ouvir as demandas da sociedade civil da Fronteira Oeste. A atividade faz parte da iniciativa do Governo do Estado de priorizar uma relação direta de diálogo com os municípios.

A Secretaria Executiva do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Conselhão) realiza um debate sobre desenvolvimento econômico e social em São Gabriel. O objetivo é ouvir as demandas da sociedade civil da Fronteira Oeste. A atividade faz parte da iniciativa do Governo do Estado de priorizar uma relação direta de diálogo com os municípios.
O encontro, denominado “Diálogos CDES - São Gabriel”, ocorrerá na quinta-feira (27), no Salão de atos do município, na Rua Duque de Caxias 268, às 11h. A atividade, organizada em conjunto com a Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) e o Gabinete dos Prefeitos, terá coordenação do Secretário-Adjunto do CDES-RS, Nelson Spolaor.
Está confirmada a presença do prefeito de São Gabriel, Roque Montagner, e representações de órgãos regionais, associação de empresários, organizações da sociedade, cooperativas e representantes do Conselho Regional de Desenvolvimento da Fronteira Oeste (Corede), entre outros convidados.
A atividade é realizada a partir de orientação do governador Tarso Genro que pretende produzir uma agenda de trabalho continuada com o município para promover ações conjuntas visando o desenvolvimento da região, informa o coordenador dos Diálogos CDES-RS, Zelmute Martem.
Ele adianta que as possibilidades de investimento no setor energético estão na pauta do encontro. São Gabriel faz parte do grupo de 23 municípios gaúchos que possuem potencial eólico.
“A inclusão da cidade no projeto Agenda 2030, que propõe uma reflexão a longo prazo para a região, visando diversificar a economia local e promover o desenvolvimento com ênfase na criação de empregos e inclusão social, também será discutida”, detalha Martem.
A Agenda 2030 para o Rio Grande do Sul foi um dos temas de destaque no 4º Seminário do Sistema Estadual de Participação Popular e Cidadã realizado no dia 14 de março pelo Executivo. A Agenda será elaborada e discutida dentro do Sistema, possibilitando uma nova dimensão de planejamento a longo prazo, explicou o secretário do Planejamento, Gestão e Participação Cidadã, João Motta.