Textículos do Mário Mércio


Mário Mércio

Colunista do blog

COMPARTILHAR, EIS A QUESTÃO ....
 Toda iniciativa individual trás resultado social excepcional. Porém não é compartilhada com mais pessoas, ou em massa.
 É de nossa natureza levar qualquer ação positiva ao maior número de pessoas, dai o Facebook tem colaborado, mas precisa ser mais ainda.
 Quando uma pessoa realiza um bom trabalho, seja qualquer profissão, ela vai criando fama e se difundindo para toda a cidade e logo para o estado e quiçá para a nação toda e algumas em todo planeta. Foi assim com o 14 BIS de Santos Dumont, da vacina contra a raiva, de Pasteur, dos inventos de Einstein, vacinas disso e daquilo, etc. É o reconhecimento pelo ótimo trabalho, que pode ser do pedreiro, carpinteiro, encanador, eletricista, médico, dentista, engenheiro advogado, etc. O resultado é uma clientela crescente a disputar seus serviços e os preços subindo.

 Mas sou de opinião que mesmo não sendo um DEVER, cada cidadão DEVERIA contribuir para repassar ao outro, quando possível, aquilo que aprendeu e que domina bem, como ensinar a dançar, tocar um instrumento musical, escrever um livro, a língua portuguesa, a inglesa. Também surfar, nadar, pescar. Ensinar qualquer tarefa pelo menos uma vez por mês para uma pessoa ou grupo, em palestras etc. Em todas as esferas da atividade. Ensina-nos Pedro C. da Costa, em ótimo artigo. Já imaginaram se todas as editoras ou escritores doassem um livro para 10 bibliotecas perto de onde mora, quantos livros seriam doados? E quanta gente poderia ler gratuitamente nas bibliotecas? Se não déssemos propina a policiais corruptos, seriam milhões de corruptores e corrompidos evitados a cada ano. Se cada uma pessoa responsável reclamasse da luz acesa no poste durante o dia ou da falta dela á noite, do buraco na rua ou na calçada, quantas reclamações seriam num dia? Seriam milhões que os Agentes Públicos logo arrumariam. Mas aquele buraco dentro de outro buraco fica ali, porque NINGUÉM reclama e o gestor público não vai adivinhar que ele existe. Ou não vai se interessar, sem a reclamação.
 Saibam que somos uma unidade dessa imensa população que assola a Terra, uma hipotética fração que deveria se multiplicar....E pense agora, em quantos itens você se enquadra?
 O resultado poderá ser de zero ou UM MILHÃO... Então.. .Compartilhe suas angústias e vitórias.

Comentários