Um sonho vira realidade para 300 famílias

Um novo mundo é possível. Que este governo dê continuidade às ações, como esta, que estão sendo realizadas. A afirmação é de José Olídio Mendes, que representou as 300 famílias que receberam na manhã desta sexta-feira (21) os apartamentos do programa Minha Casa, Minha Vida, divididos em 15 blocos de cinco andares, no Bairro Gabrielense. O evento contou com a participação das famílias beneficiadas; do superintendente regional da Caixa, Antonio Carlos Barasuol; do representante da Câmara Municipal Adão Santana; autoridades municipais e representantes de entidades comunitárias e de associação de bairros. Além dos apartamentos de dois quartos os contemplados também receberam o cartão Minha Casa Melhor, que disponibiliza um crédito de até R$ 5 mil para mobiliar as habitações, o que significa um valor total de R$ 1,5 milhão que serão injetados no comércio local.

O secretário municipal de Obras, Habitação, Urbanismo e Meio Ambiente, Felipe Abib, disse que o Residencial Antônio Trilha é um modelo habitacional para a região da Campanha e que em São Gabriel existe uma grande diferença, “pois cada um conhece o seu vizinho, o que representa uma harmonia, algo importante para quem vai viver em condomínio”. O secretário afirmou que a cada dia temos mais igualdade social, “mas ainda existem pessoas que não entendem isso. Não é mais a cidade do eu, do prefeito, ela é da comunidade. O empreendimento é de vocês e de sua família”.


O prefeito Roque Montagner, bastante emocionado, parabenizou os contemplados e disse que “quando vejo os rostos e a felicidade de vocês, lembro o da minha mãe, que chegou a terceira idade sem ter uma casa própria”. Enfim chegou o dia tão esperado pela comunidade de São Gabriel, acrescentou, “a realização de um grande sonho, que é o de ter o seu lar, a sua privacidade e tranquilidade, evitando que se retire do salário o valor do aluguel. O dia de hoje é um testemunho vivo, uma realidade”. O prefeito reafirmou que neste governo não existem obras inacabadas e que o Minha Casa, Minha Vida é o maior programa socializante dos governos Lula e Dilma.
O chefe do Executivo lembrou que a exemplo deste, são desenvolvidos outros programas socializantes. “São Gabriel é o primeiro município do Brasil a receber o Àgua Para Todos e foi contemplado com recurso de R$ 6 milhões para serem usados no interior do município”, ressaltou. O prefeito disse que tem muita gente que ainda não se deu conta que estamos vivendo um novo tempo. “A oposição nunca vai dizer as coisas boas que estamos fazendo. Coisas que tem mais de 30 anos e eles, que já foram governo, não resolveram”. O prefeito finalizou pedindo que não neguem a política, “pois a política boa está dentro de você”.

DEPOIMENTOS DE QUEM CONSEGUIU A CASA PRÓPRIA 

Paulo Roberto Correa
A felicidade dos que foram contemplados com os apartamentos estava estampada nos rostos das centenas de pessoas que participaram da solenidade. O chefe dos síndicos do Residencial Antônio Trilha, Paulo Roberto Correa, afirmou que é um sonho realizado por todos nós e espero que todas as 300 famílias que estão aqui consigam viver em harmonia. Paulo disse que pretende transformar o Residencial num condomínio de destaque, “tanto para São Gabriel quanto para qualquer outra parte do Brasil. Já ouvi na rua várias pessoas discriminando o Bairro Pomares, o Élbio Vargas, dizendo que isso aqui vai virar o Carandirú. Minha casa é meu reino e eu vou procurar fazer o melhor para mim e para todos que irão morar aqui. Passei 25 anos pagando aluguel, batalhando, e eu sou deficiente visual. Isso aqui é um sonho que não é só para mim, é para todos nós, que poderemos educar os filhos e ensiná-los a viver em harmonia”.

Nerio Nunes Boeno
O portador de necessidade especial Nerio Nunes Boeno, 53 anos, disse que estava emocionado “por receber a minha moradia, o meu endereço, a minha propriedade. Estarei pagando o que é meu, não é como pagar aluguel. É tudo que qualquer pessoa nas minhas condições precisa. Eu era agricultor e tive caminhão, trabalhei com mecânica, tive AVC aos 41 anos. Estou com sequelas há 13 anos e a minha situação é irreversível. Mas hoje estou muito feliz”, declarou.
Maria Helena Correa da Rosa
A Dona Maria Helena Correa da Rosa agradeceu a Deus, ao prefeito e todos os presentes. “Eu estava precisando muito, morava em casa de herdeiros, emprestada, nunca tive o que é meu, e agradeço por agora ter minha casa”.
Confira tudo o que rolou por lá, na cobertura do Coluna Ponto de Vista, que trará ainda a reportagem completa em vídeo. Não perca!

Comentários