Em Assembléia do programa participação cidadã (PPC), Santa Casa conquista seis delegados

A Mesa Administrativa e todos os colaboradores da Santa Casa de São Gabriel continuam na busca incessante de recursos para as necessidades da Instituição. Prova disso é o trabalho que vem sendo desenvolvido no que tange a participação com sucesso mais uma vez do hospital no Programa de Participação Cidadão (PPC) do Governo do Estado.
Segundo informações do Provedor Luiz Carlos Venturini Dotto, recentemente foi realizada nas dependências do CTG Caiboaté, uma Assembleia do PPC, com a presença de aproximadamente 600 pessoas, sendo que deste total, cerca de 40% dos presentes eram integrantes da Mesa Administrativa, colaboradores que atuam nas diversas Unidades de Saúde do hospital, setores administrativos, bem como, seus familiares e voluntários que labutam para ajudar a Instituição.
Dotto explica que graças à presença expressiva destas pessoas foi garantida a participação de seis delegados representantes da Santa Casa, entre os 20 definidos ao final do encontro. Ele salienta que todos estes delegados são extremamente importantes na defesa das demandas vencedoras a nível local, pois deverão estar presentes na Assembleia Regional para a definição dos projetos prioritários da região, que será realizada no próximo dia 09 de maio na cidade de Itacurubi.
Os delegados que representarão a Santa Casa são os seguintes: Zenon de Freitas Rodrigues, João Carlos Vinadé, Luiza Dozza Gerzson, Sinval Silva Teixeira, Emanuelle Mancio Ferreira da Luz e Eduardo Luiz Souza Azambuja.
A votação dos projetos prioritários da região acontecerá nos dias 2, 3 e 4 de junho através da Internet, sendo que somente no dia 4 será realizada a votação presencial nos municípios, onde serão distribuídas dezenas de urnas, inclusive algumas delas estarão a disposição na Santa Casa.
O Provedor ressalta que desde 2009, a Santa Casa vem de forma dinâmica e competente, sempre com a parceria dos colaboradores e também da comunidade já garantiu inúmeros recursos junto ao Orçamento do Estado através do PPC, e que através dos mesmos, já foram viabilizadas várias ações, obras e melhorias na infraestrutura da Instituição, como: Aquisição de Equipamentos, Reforma e Adequação da área física do antigo Ambulatório; Reforma e Ampliação da Enfermaria Feminina; Reforma e Ampliação da Unidade de Nutrição; Reforma e Ampliação da Unidade Cirúrgica, entre outras.
Luiz Carlos Dotto afirmou ainda ser importante destacar que o PPC vem se mantendo através de sucessivos governos do RS, onde os recursos só podem ser acessados através da conscientização e votação popular, que quando aprovados são destinados e aplicados nas áreas mais carentes que a comunidade julgar necessário, e, geralmente esses valores são pagos sempre no ano seguinte ao da aprovação.