Clube 21 de Abril ressurge para os santa-marienses. Prefeito discutiu a utilização do espaço com os moradores

Santa Maria - Os mais saudosos santa-marienses se lembram com carinho. Os mais jovens talvez não tivessem tido a oportunidade de conhecê-lo. O Clube 21 de Abril foi um dos principais espaços de lazer, entretenimento e confraternização de Santa Maria nas décadas de 1960 e 1970. Porém, o declínio dos trens trouxe consigo a decadência do maior clube do Bairro Itararé, em meados de 1990. Vinte anos depois, o prefeito Cezar Schirmer deu início ao projeto de recuperação do tradicional local de festas da região ferroviária.
O projeto de revitalização, capitaneado pelo chefe do Executivo, foi concluído em abril de 2014. E, neste sábado (10), o prefeito e o vice-prefeito José Haidar Farret foram à região ferroviária para apresentar o novo clube à comunidade do Bairro Itararé e discutir, com os moradores, a utilização do espaço. “Temos a obrigação de resgatar a memória de nossa cidade. A história de Santa Maria se confunde com a história do Clube 21 de Abril”, disse Schirmer, sob o olhar de cerca de 100 santa-marienses.
O chefe do Executivo lembrou as melhorias feitas na tradicional região ferroviária, como o asfaltamento de ruas, a construção do Viaduto da Gare, a implantação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a recuperação da Casa de Saúde, entre outras benfeitorias. “Isto aqui faz parte de todo um esforço de recuperação de uma região que estava degradada”, disse. Schirmer ainda anunciou o projeto do Trem Turístico, que está em fase de licitação, e a intenção de criar o “Museu do Ferroviário”.
Farret, por sua vez, compartilhou a opinião do chefe do Executivo e lembrou os tempos áureos do Clube 21 de Abril. “Esta é uma tarde histórica. Foi aqui neste clube que se faziam vários saraus e risotos para, posteriormente, se construir o ambulatório do bairro. E foi aqui que conheci a minha a minha esposa”, lembrou, de forma saudosa, o vice-prefeito, ao lado do vereador Paulo Airton Denardin, que representou o Poder Legislativo, e de secretários e secretários adjuntos de município.
Já o presidente da Associação dos Moradores do Bairro Itararé, Aldo Antonio Maia, enalteceu as melhorias realizadas na região. “Sou filho de ferroviário, moro há 48 anos aqui e sempre lutei muito pelo bairro. Quero dizer que agradeço a força que o prefeito tem dado ao Itararé. Nós, moradores do bairro, temos que aplaudir e agradecer muito ao prefeito por tudo que ele fez e continua fazendo”, disse Pai Aldo, como é conhecido na comunidade. 

Moradores aprovam a recuperação e apontam sugestões de utilização do espaço
Os moradores apontaram diversas sugestões para a utilização do espaço. Entre elas, a criação de uma biblioteca comunitária e um acervo de fotografias históricas, projetos sociais voltados ao esporte, com aulas de capoeira e futebol de mesa, e espaço para eventos tradicionalistas e para o clube da terceira idade. Porém, para gerenciar o espaço, a secretária da Cultura, Marília Chartune, sugeriu a criação de uma “Associação dos Amigos do Clube 21 de Abril”, a exemplo da entidade que gerencia o Theatro Treze de Maio.
E o primeiro passo foi dado para a implantação de um dos projetos. A professora Vera Germani doou à prefeitura, de forma simbólica, seis livros de culinária para dar início à biblioteca comunitária. “A gente acredita no livro e, como educadora, eu acredito que nada o substitui”, disse. Vera ainda enalteceu as melhorias feitas no espaço. “Gostaria de parabenizar a sensibilidade do prefeito em restaurar este prédio”, disse.
A diretora da Casa de Memória Edmundo Cardoso, Terezinha Pires dos Santos, também fez a sua parte e se comprometeu em contribuir com um acervo fotográfico e dois painéis, sendo um em homenagem ao Clube 21 de Abril e outro sobre a construção do Monumento ao Ferroviário, localizado no bairro. Para Terezinha, a recuperação do clube é um marco para a região. “Esperei muito por este momento. Admiro muito o Itararé e os ferroviários, criadores deste bairro, que foi um polo econômico de Santa Maria”, disse Terezinha.

Exposição e brinquedos chamaram a atenção dos moradores
Os moradores da região tiveram uma mostra do que poderá se tornar um dos projetos de utilização do Clube 21 de Abril. A prefeitura, em parceria com a Casa de Memória Edmundo Cardoso, organizou uma exposição sobre a região ferroviária. Painéis, com fotos e a história do Bairro Itararé, estiveram à disposição dos cidadãos para contemplação durante toda a tarde de sábado.
E, enquanto os pais discutiam a utilização do espaço, conheciam as novas instalações do clube e contemplavam a exposição, a garotada se divertia na quadra de esportes do prédio. Isto porque, a prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, instalou uma piscina de bolinhas e camas elásticas para garantir a alegria da criançada.