Estacionamento Rotativo começa a ser discutido em audiência pública

Com a Câmara de Vereadores lotada foi realizada audiência pública na noite da última segunda-feira (27), dando continuidade ao debate sobre a implantação do Estacionamento Rotativo, na zona central da cidade. Cerca de 30 manifestações de representantes da comunidade, associações, vereadores e secretários municipais colocaram em discussão um tema que já tinha sido pauta, há muitos anos, através do ex-vereador Ricardo Bragança. A maioria manifestou-se a favor do estacionamento rotativo.
A reunião foi presidida pelo autor do anteprojeto e proponente da audiência vereador André Lemes, e auxiliado pelo Chefe de Gabinete Luis Pires, que representou o prefeito Roque Montagner, que cumpre agenda em Brasília. Também fizeram parte da mesa os secretários envolvidos com o assunto e o presidente da Câmara Municipal, Marcos Vieira. O Executivo vai estender o tema por mais um período de discussão, vai ouvir os setores da comunidade e, logo em seguida, encaminhará o projeto para a Câmara de Vereadores.

O Chefe de Gabinete Luis Pires explica que a razão principal que motivou o projeto do Executivo é a grande necessidade de vagas nos estacionamentos do centro da cidade. “A ideia é favorecer não só os usuários, mas o comércio local. O projeto foi feito baseado no ante-projeto do vereador André Lemes, aprovado pela Câmara Municipal de Vereadores”, ressalta Luis Pires.
Por outro lado, alguns vereadores da oposição também se manifestaram. Nenê e Beka disseram que agora não é o momento.
Beka foi além: "Não é hora de criar mais impostos", disse.
Sandra Xarão, do PT, rebateu Beka dizendo que em 1994 eles eram a favor. "Em 94 podia cobrar, hoje não pode porque é do André o projeto, é do governo nosso", disse.
Beka disse não lembrar do fato e Sandra foi lacônica: "Como não, o sr. assinou comigo e nós só retiramos por pressão dos funcionários dos bancos", frisou.
O pedetista disse que o projeto era do ex-vereador Ricardo Bragança e Caio Rocha salientou que independente de questões partidárias é preciso ver o que é bom.
A comunidade usou a palavra através de Vasco, José Antônio, Capitão Iturbide, André (Bairro Esplanada), Cristiano Carvalho, Daiane Saldanha, Agildo Borges, José Pedro, João Francisco Alves Simon, Honorival Saldanha, Alberi Azambuja, Dona Tereza, Elbio Capiotti, Mara Rangel, Alvaro Abib, Ricardo Bragança, Edson Nobre e Felipe Abib.
Confira as fotos do evento e ainda hoje, um vídeo dos melhores momentos da audiência pública: