Um sonho de mais de 20 anos: Governo inaugura a primeira equipe ESF no município de São Gabriel

Fechada há mais de três meses a Unidade Básica de Saúde Nosso Sonho volta a funcionar normalmente nesta quarta-feira (07). A Secretaria Municipal da Saúde confirmou oficialmente a reabertura do posto, que a partir de agora, passará a ter duas equipes do Programa Estratégia Saúde da Família (ESF). Para muitos, a ação é vista como a principal medida, nos últimos anos, para qualificar o atendimento a população de bairros e vilas de São Gabriel, principalmente as mais carentes.
O secretário municipal da Saúde, Daniel Ferrony, informou que serão beneficiadas mais de 7,5 mil pessoas. “E o mais importante. Esta população começa a ser cadastrada já na quarta-feira com a participação de médicos e agentes que integram o ESF. Isso é inédito”, comentou o secretário.
A novidade está na presença dos profissionais médicos, que pretendem, com a atividade de campo, conhecer a realidade clínica da população alvo. Alguns deles têm experiência em outros países da America Latina, atuando diretamente em comunidades inseridas em níveis de pobreza extrema.
A inauguração do ESF Nosso Sonho acontece nesta quarta-feira (07), a partir das 11 horas. A Prefeitura Municipal vai entregar para a comunidade um prédio totalmente remodelado. Além do ESF, também funcionará no local o atendimento básico. Para isso, de acordo com o secretário, foram refeitas as instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, além de remodelação da estrutura física interna. O público vai poder notar as alterações já no acesso ao prédio, com a recepção preparada adequadamente para atender a população. 

DEBATE COM ENFERMEIROS E TÉCNICOS - O Procurador Jurídico, Guilherme Nascimento Abib, apresentou na tarde de segunda-feira (05), no Salão de Atos, uma proposta de inclusão de Enfermeiros e Técnicos da Rede Básica ao Programa Estratégia Saúde da Família (ESF). Com isso, os profissionais passariam a ter direito a um percentual de aumento nos vencimentos mensais.
A proposta foi discutida e será analisada pela classe. A resposta final deverá acontecer numa nova reunião, desta vez, com a presença do prefeito Roque Montagner e de representantes do Sindicato. O Procurador admitiu que é urgente a necessidade de definição dos profissionais, “pois o ESF depende da contratação de enfermeiros e técnicos para funcionar”.
Se acontecer de os profissionais não aderirem ao ESF, a Prefeitura Municipal terá que contratar enfermeiros e técnicos que não fazem parte do quadro. “Não é o que queremos. A nossa ideia é dar oportunidade para os profissionais da Rede e, desta forma, de maneira legal, ampliarmos os seus rendimentos”, comentou. 

NOVA AMBULÂNCIA ZERO KM - A Prefeitura Municipal fará a entrega oficial de mais uma ambulância para a Secretaria Municipal da Saúde. O veículo, com capacidade para transporte de paciente e acompanhante, será repassado pelo prefeito ao secretário durante a solenidade de reinauguração da UBS Nosso Sonho. “Trata-se de uma ambulância com amplo espaço interno e própria para remoção de pacientes, dentro da cidade e para outros municípios”, explicou.