Poder Legislativo decreta luto oficial por falecimento de Circe Laureano

A sessão plenária do Poder Legislativo, realizada na manhã desta segunda-feira, 23, foi suspensa em função da notícia do falecimento da advogada e produtora rural Circe Laureano da Silva, ocorrido ao meio-dia desta segunda-feira na Irmandade Santa Casa de Caridade. A advogada faleceu em decorrência de embolia pulmonar.
Circe Laureano exerceu destacada atividade comunitária e social em São Gabriel até o final de sua existência. Foi integrante da direção da subsecção local da Ordem dos Advogados do Brasil, e em 1959, foi rainha do Centenário de São Gabriel, que na época era comemorado em 15 de dezembro. Foi casada com o radialista Antônio Paulo Evangelho de Oliveira. Era mãe do médico Guilherme da Silva Oliveira, diretor técnico da Irmandade Santa Casa de Caridade, e do advogado Paulo Antônio da Silva Oliveira, ex-secretário da Agricultura e da Indústria e Comércio do município, atual assessor jurídico da Câmara Municipal de Vereadores.
O presidente do Poder Legislativo, vereador Marcos Paulo “Mec” Vieira (PSDB) decretou luto oficial no âmbito da Câmara de Vereadores. “Dona Circe era de fato uma pessoa vivaz, dinâmica, que muito contribuiu para nossa comunidade. Fará falta, com certeza, para todos nós”, declarou. 
Os atos fúnebres estão sendo celebrados no plenário do Poder Legislativo.