Palavras Soltas

Cecília de Assis Brasil Petrarca Figueiredo
Colunista do blog

É claro que eu torci muito pela seleção brasileira, não seria louca de fazer o contrário. Fiquei triste, muito triste com a forma como fomos eliminados da "nossa copa", mas daí a achar que foi o caos, que estamos acabados, desmoralizados ou que o nosso mundo acabou por causa de sua derrota, é demais (isso É SÓ futebol)!!! Assim como penso que seja mais do que demais quererem dizer que as crianças ficarão com traumas em função disso. Por favor, vamos falar sério, o que as traumatiza é elas saberem que pais matam filhos, que menores como elas, são bandidos de alta periculosidade, que se prostituem e são jogados nas ruas entregues à própria sorte. O que deixa marcas profundas em qualquer criança, (e até mesmo adultos) é assistir ao infortúnio de outros inocentes que passam toda a infância embaixo de pontes, sem teto, sem agasalho e sem amor, sem comida para saciar a fome, sem escola ou classes para estudar, sem hospitais para tratar seus males, sem família para lhes proporcionar aconchego, tampouco sociedade ou governo para se preocupar com o futuro de tantos seres indefesos. E se assim não for, estamos gravemente doentes e provavelmente sem chances de recuperação! Pelo amor de Deus, quando é que nós mesmos, somados à mídia sensacionalista e aos governos oportunistas vamos deixar de promover "perfumarias" e nos preocuparmos com coisas realmente importantes? Se não mudarmos a nossa mentalidade egoísta e fantasiosa, não poderemos esperar que nenhum milagre mude o nosso país e muito menos a nossa triste realidade!
E que venha Outubro, o grande teste para nossa maturidade, nossa consciência político-social e nossa mais verdadeira demonstração de patriotismo!