Provedor Dotto parabeniza e destaca importância da equipe do SAMU para São Gabriel

“Sempre prestando relevantes serviços de forma rápida, eficiente, qualificada e humanizada, com uma equipe de profissionais habilitados e altamente capacitados, assim definimos a importância do SAMU para a população gabrielense”, afirmou o Provedor da Santa Casa - Luiz Carlos Venturini Dotto, quando da comemoração do “Dia do Socorrista” ocorrido no último dia 11.
Através de proposição do vereador André Lemes, aprovada por unanimidade pelos vereadores, o Legislativo realizou sessão especial no dia 15, para homenagear os integrantes da equipe do SAMU do Município.
Na oportunidade, o Provedor acompanhou a solenidade, destacando que no último mês de fevereiro, o SAMU completou três anos de atividades em São Gabriel atuando diretamente no atendimento às vítimas acometidas de problemas clínicos, traumáticos, acidentes de trânsito, entre tantos outros casos solicitados.
Já coordenadora e responsável pelo SAMU - Enfermeira Fernanda Motta de Freitas, ressalta que a equipe é composta por profissionais altamente capacitados devido a cursos teórico-práticos desenvolvidos para melhor capacitar a equipe, todos eles ministrados pelo NEU - Núcleo de Educação em Urgências de Porto Alegre/RS. Conforme ela: “Contamos com os Técnicos de enfermagem: Roselaine da Silva Oliveira, Mateus Guedes Pozzebon, Letícia Silva da Silva, Jaquison Soares Jesus, Gisele Cunha, José Alberto Fialho; Condutor e Técnico de Enfermagem Celso Luis Paganotto; Condutores: Diego Rodrigues Souza, Eglon Nunes da Silva, João Carlos Vinadé, Zoel Alves Nunes, Éder Cardozo Machado.
Conforme Fernanda, o serviço funciona 24 horas por dia, onde o socorro é após chamada gratuita, feita para o telefone 192. “A ligação é atendida por técnicos na Central de Regulação que identificam a emergência e, imediatamente, transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações”, ressaltou.
A Enfermeira Fernanda também destaca que até o último mês de junho, foram mais de 720 casos, sendo que a média de atendimentos por mês é de 125 casos, nos mais diversos casos, entre eles: pacientes psiquiátricos, pediátricos, acometidos por problemas neurológicos, cardíacos, gastrointestinais, respiratórios, obstétricos, metabólicos, infecciosos, choques elétricos, atropelamentos, ferimento por arma branca, quedas, PCR, alcoolismo, colisões, óbitos, síncopes, capotagens, queimaduras, outros, recusas de atendimento, e infelizmente alguns trotes.
Ao mesmo tempo, a equipe do SAMU agradeceu o apoio do Provedor e Mesa Administrativa do hospital, se colocando à disposição da comunidade gabrielense para realização de ações educativas em relação ao APH-Atendimento Pré-Hospitalar e resgate através de palestras, já que a educação em saúde é muito importante para todos, de modo que contribui para salvar vidas e prevenir agravos significativos à saúde.