Secretaria Municipal dos Transportes continua agindo intensamente na recuperação das estradas

Apesar de alguns dias de trégua, as chuvas que caem no município há mais de dois meses, têm afetado a execução de obras e serviços da Secretaria Municipal de Transportes. Mesmo assim, por determinação do prefeito Roque Montagner, as ações continuam sendo realizadas, especialmente nos trechos mais precários. O prefeito explica que, “além da responsabilidade de fazer a conservação e manutenção de 4.600 quilômetros de estradas vicinais, num município que possui 5 mil Km2, autorizei a recuperação de pontos críticos da estrada estadual RS 630”. Há cerca de 120 dias, de acordo com o prefeito, o Estado contratou em caráter emergencial, uma empresa que fez o recapeamento da estrada, desde o Bar da Lagoa até o acesso ao asfalto na Vila Santa Clara.
A RS 630 tem registrado um trânsito muito intenso de produtores e moradores das localidades rurais, além do transporte escolar, que utilizam esta estrada. “Em consequência disso, aliado as constantes precipitações que ocorrem semanalmente, tem surgido muitos trechos danificados ocasionado pelo excesso de peso de caminhões, que não respeitam as limitações, conforme placa indicativa na BR 290 proibindo o trânsito de caminhões bitrem”, destacou.
O secretário Éder Barbosa fez referência a uma matéria publicada na edição do dia 22 de julho, no jornal O Imparcial, através da qual a moradora do Corredor da Ferrugem, Josiane Trindade, pela segunda vez faz comentários sobre os serviços que estão sendo prestados pela Secretaria de Transportes, qualificando-os de mal feitos. “A título de informação o material que está sendo usado no trecho é de primeira qualidade, trazido de jazidas licenciadas, além de uma cobertura grossa da Pedreira de Vila Nova do Sul, que é transportada por mais de 100 quilômetros de distância para o conserto da estrada”, disse o secretário. No caso citado pelo jornal, o caminhão transportava 45 toneladas de madeira.
Motivado por um compromisso agendado em Porto Alegre, o prefeito Roque Montagner propôs ao presidente do Sindicato Rural de São Gabriel a transferência da reunião prevista para o dia 23 de julho, cuja pauta é a recuperação das estradas vicinais. Enquanto isso a Secretaria dos Transportes continua agindo no interior do município. Esta semana as equipes estão em Pau Fincado e Rincão do Claro, onde a linha de ônibus estava interrompida pelas chuvas, e a estrada de ligação com a BR 158, uma antiga reivindicação dos moradores daquela região.