“Violão, Guitarra Crioula” é campeã e a mais premiada da XXI Estância da Canção Gaúcha

“Um verdadeiro marco para a cultura riograndense”, assim resumiu o prefeito municipal - Roque Montagner, em sua manifestação, na madrugada de segunda-feira (20) durante o encerramento da XXI Estância da Canção Gaúcha, no Parque Tradicionalista Rincão das Carretas. O prefeito e Presidente de Honra do Festival parabenizou a comissão organizadora; poetas; letristas; intérpretes; os homenageados (Sônia de Faria Cunha e Rogério Mello), imprensa e o público em geral que apreciaram os talentos que pisaram no palco do Festival, destacando que: “São Gabriel mais uma vez mostrou ser um manancial de talentos e provou sua hospitalidade e reconhecimento ao receber com muito carinho os artistas de outros municípios. Apesar das dificuldades financeiras, nossa Administração não mediu esforços para a realização deste evento, pois temos a certeza que a Estância já faz parte da história cultural do RS”, disse o prefeito. 
Apesar do mau tempo, com muita chuva durante as noites de sexta e sábado, o evento teve a presença de um bom público, que foi reforçado na grande final (domingo). 
De acordo com o Presidente do Festival - Marco Moreira, o apoio Governo Municipal foi de suma importância para o sucesso da Estância. Ele salientou ser um dos criadores do evento e agradeceu ao prefeito Roque, ressaltando que pela primeira vez durante todos estes 21 anos, recebia o convite para presidir o festival, ao mesmo tempo em que destacou o trabalho coeso e unido de todos os integrantes da Comissão Organizadora. Os shows estiveram sob a responsabilidade de: Ita Cunha (sexta), Luciano Maia (sábado) e Jari Terres (domingo).
Durante a Abertura Oficial - na noite de sábado - o prefeito recebeu o CD e DVD da XX Estância, das mãos do Presidente daquela edição - Carlos Cleber Dias Leal, sendo que o mesmo a partir daquele momento começou a ser comercializado.
Instituídos no ano passado, o Troféu “Patrimônio Cultural” contemplou a musicista gabrielense Sônia de Faria Cunha, representada pelas filhas Maria da Graça e Elizabeth; o Troféu Revelação foi entregue ao jovem Arthur Leal, já o Troféu Parceria foi um reconhecimento ao Sr. Terson Praxedes - Coordenador de Palco de todas as edições do Festival.
A grande novidade desta Estância, foi a entrega do Troféu Origens do Programa “Galpão Crioulo” da RBS TV, sendo laureado o destacado cantor nativista e também cria do Festival Estância da Canção Gaúcha de São Gabriel - Rogério Mello. 
O júri foi composto pelos músicos e compositores Luciano Maia, Ita Cunha, Jari Terres, Glauco Moraes Lemos e Joel de Freitas Paulo.
A grande campeã e também a mais premiada desta edição foi a composição “Violão, Guitarra Crioula”, com letra de Gujo Teixeira, música de Juliano Gomes e a interpretação de Marcelo Oliveira.
Já a Fase Interna denominada “Estancinha” - categoria Piá - premiou Ana Laura Cornel que interpretou “Cantadores” e Juvenil a intérprete Layra Souza que cantou a música “O Mal Amado”. 

Resultado Final:

1º Lugar, Melhor Arranjo, Melhor Conjunto Instrumental, Melhor Melodia e Melhor Instrumentista - “Violão, Guitarra Crioula”, letra - Gujo Teixeira, música - Juliano Gomes e interpretação de Marcelo Oliveira.

2º Lugar e Melhor Tema Campeiro - “Capataz de Madeira”, letra - Anomar Danúbio Vieira e Lucas Ramos, música - Rodrigo Morales e interpretação de Ranieri Spohr.

3º Lugar e Melhor Poesia - “Flor do Campo”, letra - Edilberto Teixeira (in memorian), música - Arthur Leal e interpretação de Gustavo Teixeira.

Música Mais Popular - “A Prenda e a Flor”, letra - Luiz Carlos Fontoura Lucas e Mario Lucas, música - Juvenil Camargo (pingo) e interpretação de Ricardo de Camargo.

Melhor Intérprete - Ranieri Spohr

Melhor Instrumentista - Davi Mesquita

Melhor Indumentária - Vitória Staggemeier