Palavras Soltas

Cecília de Assis Brasil Petrarca Figueiredo
Colunista do blog

É claro que a gente sofre, se desespera, chora e pensa que a vida acabou quando alguém querido parte desta vida, mas na verdade os mortos no nosso coração jamais são enterrados! Uma pessoa amada nunca morre completamente, pois ela permanece viva através das lembranças, das recordações, dos momentos que vivemos juntos e que para sempre serão lembrados com carinho. O amor que sentimos é eterno e não diminui só porque deixamos de ver ou tocar a pessoa amada. Uma pessoa só morre completamente quando é esquecida e para isso nem precisa ter morrido ou partido desta vida, basta ter deixado de existir em nossos pensamentos e/ou sentimentos...
Porque se quisermos pensar de forma triste ou negativa, morre a criança que cresce, o jovem que amadurece, o adulto que envelhece e tudo o que evolui, muda e se transforma nessa vida, SÓ QUE NÃO...
A gente só muda de estágio, mas não deixa de existir; aquele que se ausenta desta vida, passa para outra dimensão, para a última, a melhor, a eterna. Aquela onde todos nós nos encontraremos para sempre, para o eterno, eternamente...