Sindicato Rural de São Gabriel adere à Frente Brasil Produtivo e clama por ética no país

Vocalizar a indignação da sociedade civil com os escândalos de corrupção e exigir uma mudança ética nos rumos do país. Este é o objetivo da nascente Frente Brasil Produtivo, um movimento que reúne produtores rurais, profissionais liberais e lideranças da sociedade civil de todo o Brasil, e que teve seu primeiro encontro em 15 de dezembro no escritório do Rancho Quarto de Milha, em Presidente Prudente, São Paulo. 
O presidente do Sindicato Rural e vice-presidente da Farsul, Tarso Teixeira, participou do encontro e aderiu formalmente ao movimento, que reúne alguns dos principais líderes rurais do país. O presidente da União Democrática Ruralista e organizador do encontro, Luiz Antônio Nabhan Garcia, ressaltou a importância da adesão de Teixeira como representante do movimento rural gaúcho. “O amigo Tarso Teixeira é uma liderança que tem erguido sua voz de maneira firme contra os desmandos e os descalabros de corrupção que o Brasil enfrenta, e por isso sua adesão a essa Frente qualifica ainda mais o movimento”, ressaltou o presidente da UDR.
A Frente Brasil Produtivo realizará em 2015 uma série de encontros nas cidades de Londrina (PR), São Gabriel (RS) Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e Uberaba (MG), indo depois até Brasília (DF). “Vamos percorrer o Brasil, mobilizar os produtores e a sociedade civil, de forma a promover as mudanças que o país precisa”, ressalta Tarso Teixeira, que desde já trabalha junto com a diretoria do Sindicato Rural de São Gabriel para preparar a etapa gaúcha do encontro nacional.