Sanga da Rivera serve de depósito para postes

Uma denúncia feita por alguns moradores das proximidades da Sanga da Rivera procuraram o gabinete do Vereador Paulo Sérgio Barros da Silva, o Nenê do PDT, e o Presidente do Poder Legislativo Gabrielense, Antônio Devair Moreira, o Beka do PDT para denunciarem um fato revoltante que aconteceu as margens da sanga. Depois do último temporal que atingiu a nossa cidade, ocorreram muitas trocas de postes por todas as ruas e bairros do município, e os postes quebrados que foram substituídos pela operadora de energia foram depositados as margens da sanga e não foram retirados do local. Ocorreram novas chuvas fortes na nossa cidade e as águas carregaram estes postes para dentro da sanga, fato que revoltou os moradores das proximidades.


As pessoas perguntam se estes postes deveriam ser descartados naquele local sem prejuízos a sanga e sem causar nenhum tipo de impacto no meio ambiente? Outra pergunta que é feita pelos moradores e sobre a fiscalização destas ações, que deve fiscalizar estas atitudes? Outra contestação feita pelos moradores é de quem é a responsabilidade da limpeza da sanga, se do Poder Público Municipal ou se do Governo do Estado do RS? A verdade é que se uma providência não for tomada, os moradores denunciarão este crime ambiental as autoridades para que alguém tome uma providência.