Sildo Cabreira entrega reivindicações a secretária de educação

Sempre preocupado com a educação, pois antes de ocupar este importante cargo de fiscalizar e legislar em prol da comunidade gabrielense tem como profissão “Professor”, o Vereador Sildo Cabreira (PDT) esteve no último dia 08, em audiência com a Secretária Municipal de Educação, Professora Nilvanês Jobim, onde foi reivindicar sobre questões relevantes na área educacional, em prol dos profissionais de educação e dos mais de 6000 alunos que estarão em breve retornando as suas atividades escolares neste ano letivo de 2015.
O Vereador Sildo Cabreira solicitou inicialmente a Secretária Nilvanês Jobim o encaminhamento do Projeto de Lei por parte do Executivo Municipal a Câmara Municipal para pagamento do reajuste do Piso Nacional do Magistério aos professores da Rede Municipal de Ensino, onde teve o índice divulgado pelo Ministro da Educação de 13,01% a partir do início deste ano. 
Sildo Cabreira (PDT) também solicitou a professora Nilvanês Jobim que seja mantido o Difícil Acesso aos Professores, pois em algumas escolas estão por ser extinto; bem como a acessibilidade nas escolas, pois nos tempos atuais é necessário ter em todas as escolas a acessibilidade, seja para um educando, como para um educador ou comunidade escolar que precise se dirigir a escola.
Na audiência deste dia 08 de janeiro, também esteve em pauta o Pagamento das promoções dos professores, que inicialmente deveriam ter sido pagas em 2014, da qual o Vereador Sildo Cabreira (PDT) solicitou que a Secretária Municipal de Educação Nilvanês Jobim intensifique junto ao Executivo para que o breve possível seja pago aos nossos professores municipais.
O Vereador Sildo Cabreira (PDT) um defensor da Educação na Câmara Municipal de Vereadores também reivindicou junto a Secretária Nilvanês Jobim sobre o PPCI (Plano de Prevenção de Combate a Incêndio) das Escolas Municipais de São Gabriel, pois até a presente data muitas delas ainda não possui seu PPCI e é uma responsabilidade nossa como Gestor com as crianças e profissionais que nelas desempenham suas funções.
Mesmo em Recesso Parlamentar não podemos ficar de braços cruzados, principalmente quando se refere a nossa educação que é o alicerce para o futuro de uma nação, e nós educadores temos o dever como Vereador de reivindicar todas essas ações para que nossos profissionais da educação e nossos mais de 6000 alunos tenham um ano letivo repleto de sucesso e realizações.