Educação estabelece prazo para chamamento de suplentes para vagas na escola de educação infantil "Palmira"

Apesar de ser um dos pontos mais polêmicos em discussão no Município, a diferença no número de interessados para o ofertado pela Secretaria Municipal de Educação (SEME) na área de Educação Infantil, na prática, não parece ser um grande problema. Das 140 crianças inscritas para a EMEI Palmira Vieira da Cunha (nome ainda provisório – proposição para alteração da denominação está no Poder Legislativo), 26 não foram matriculadas pelos pais durante os dias 17 e 21 de março.
Entendendo que os pais possam ter encontrado dificuldade para confirmarem as vagas, a SEME ampliou o prazo final para segunda-feira (30/03), das 8h 30min às 11h 30min e das 14h às 17h. “Os pais que não comparecerem até às 17 horas deste dia, perderão a vaga de seus filhos”, explica a Coordenadora das Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEI´s), Ângela Strieder Dotto.
“É importante esclarecer que buscamos contato por telefone com todos os pais. Alguns admitiram o interesse e garantiram que viriam efetuar as matriculas, mas acabaram não o fazendo. Outros, não atenderam aos telefones”, complementa a coordenadora.
Hoje, o setor tem mais de 50 crianças na fila de espera. Se forem confirmados os desistentes, na terça-feira (31/03) começarão a serem chamados os suplentes, conforme a ordem de inscrição.
As atividades na Escola de Educação Infantil Palmira já começaram. Na segunda e terça foram realizadas reuniões com pais e professores. Até sexta, os pais – divididos em grupos – poderão conversar com professores e ter conhecimento da metodologia de trabalho e como funcionará a Escola. As aulas – com fase de adaptação das crianças – começarão na segunda-feira.
A inauguração oficial da Escola acontecerá no dia 1º de abril. A instituição foi remodelada para receber um público de 140 alunos com idade entre quatro meses e cinco anos.
De acordo com a Coordenadora das Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEI´s), Ângela Strieder Dotto, a Escola terá 10 professores e 20 monitores. A diretora será a professora Erocy Leão. Os 140 alunos serão divididos, conforme a idade, em Berçários 1 e 2; Maternal 1, 2 e 3; e Pré-Escolar A e B.
O NOME: O projeto que propõe a alteração no nome da Escola de Educação Infantil está no Poder Legislativo Municipal. Atendendo uma exigência da mantenedora – senhora Palmira Vieira da Cunha – a instituição passará a ser chamar Nossa Senhora Menina. Os vereadores votarão o projeto na noite desta quinta-feira.

CONFIRA A RELAÇÃO DOS PAIS QUE DEVERÃO COMPARECER NA SEME:
01.Luciana Soares Barbosa
02. Paola Prates
03. Marilene Loureiro Falcão Pertile
04. Fernanda de Ávila Khatib
05. Cristiéle Fátima Rosa
06. Milene Miranda Venturine
07. Cássia Fabíula Gomes
08. Samara Flores de Oliveira
09. Tainara da Rosa Rodrigues
10. Maicon Mauro Sulzbach
11. Lisandra da Silva Pinto
12. Thayna Freitas
13. Maria Claudina Ximendes Ravaze
14. Juliana Santos
15. Juliana Rodrigues Cardoso
16. Maria Raquel da Silva Correa
17. Marilia da Silva Mota
18. Zaida Bittencourt de Oliveira Pazinato
19. Rubia Fernanda Fontanela
20. José Conrad
21. Sandra Helena Amaral Pereira
22. Quéren Rocha
23. Marta Helena Barreira da Silva
24. Andreia Tomato Massen
25. Viviane Pires
26. Gisele Correa Marques