São Gabriel avaliará projetos do 11º Prêmio Itaú-Unicef

Secretário de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos,
Cleber Giovane Silveira
Há doze anos, o Prêmio Itaú-Unicef vem destacando iniciativas que contribuem com as políticas públicas de educação e de assistência social que promovam práticas de educação integral de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é incentivar e dar visibilidade a esses projetos, pra que sejam multiplicados e tenham suas ações levadas ao maior número de pessoas possível. Os projetos passam por uma avaliação anual feita por equipes, que compõem oito regionais. Em 2015, São Gabriel terá um representante entre os 300 profissionais de todo o país, que avaliarão as propostas indicadas ao prêmio. 
“É uma honra muito grande poder representar São Gabriel junto a esses profissionais e, principalmente, por se tratar de uma causa tão nobre, que é exaltar projetos voltados ao bem estar de jovens e adolescentes”, destacou o Secretário de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos, Cleber Giovane Silveira, que compõe o Colegiado Nacional de gestores de Assistência Social e estará entre os avaliadores da Regional Sul (RS, PR e SC), nos dias 09 e 10 de abril em Curitiba. 
Os avaliadores passarão por uma formação que se dará em três etapas, intercaladas. Serão três meses entre formação presencial e à distância, até que estejam prontos para a avaliação final dos projetos. Todas as despesas dos avaliadores, como passagens, alimentação e hospedagem serão custeadas pelos organizadores do Prêmio. 
A iniciativa tem a coordenação técnica do Centro de Estudos em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) e conta com a parceria da União dos Dirigentes Municipais da Educação (Undime), do Canal Futura e do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas). Também é apoiado pela Rede Andi Brasil, Movimento Todos pela Educação e Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).