Textículos do Mário Mércio

Mário Mércio
Escritor e colunista do site

O EMERGENTE

É aquele cidadão que tendo nascido pobre emergiu, despontou e hoje é um cidadão respeitado e de sucesso na vida. Viaja, tem bom carro, boa casa e ganha mais dinheiro do que normalmente os outros ganham.
E quem ganha também gasta.
Ele entra num antiquário na Av. João Pessoa, frente ao Parque da Redenção e fica maravilhado com aquelas quinquilharias interessantes, lustres exuberantes, moveis antigos, assim como o dono do local, que de soslaio o observa.
Fica maravilhado por um quadro enorme, pintura a óleo, que está bem na entrada. Olha bem, chega perto, leva a mão e logo a baixa, pois não deve tocá-lo, diz um anuncio.
O dono, antigo no negócio vem chegando devagar, olha-o e pergunta:-- Já viu um Sarriau?
O cidadão homem vivido e esperto não perde a linha fleumática dos ricos e faz apenas um gesto de interesse. Procura olhar melhor e pergunta:---qual o preço dessa obra senhor?
É um Sarriau autêntico o senhor viu? – e logo diz o valor.
O cidadão não mostrou surpresa, manteve-se na retaguarda, mas sentiu que era mais de dez vezes o valor que imaginava. Chegou mais perto, pegou uma lente que o dono lhe alcançou e passou a observar os detalhes da obra. Aquele mar revolto, com pedras, que se mesclavam as ondas espumantes que se confundiam com o céu, nuvens e pássaros. Era de fato um grande artista esse Sarriau. 
É um Sarriau autêntico, vindo de Paris e valerá cada centavo investido, ou muito além disso—insistiu o proprietário com voz pausada, sonora e firme. Lhe fornecemos um certificado!
O cidadão observa e vê que na pintura há traços de um gênio, a pincelada precoce de um grande artista das artes plásticas. O preço é salgado, mas aquela obra na sua sala por certo vai chamar a atenção de seus amigos e empresários que o visitam, vão querer saber do autor e ele dirá de boca cheia: --É um Sarriau autêntico. Comprei na França quando estive lá mês passado. Pronunciou fazendo biquinho “ Sarriô”.
Seus olhos brilham de prazer.
Decide comprar, abre sua bolsa, pega um talão de cheque especial, superconta do BB e preenche calmamente. Entrega o cheque nas mãos do dono e pede que o embale com cuidado.
Vai direto para sua casa, na ânsia de chegar e abrir o seu computador e no google saber tudo sobre este Sarriau que ele nunca ouviu falar.