Instalação de tottens e contêineres pelo Governo Municipal e parceiros, aliados ao trabalho de Catadores, estão sendo fundamentais para a Coleta Seletiva

“O Aterro Sanitário ou popularmente conhecido como Lixão Municipal já é coisa do passado”, afirmou o Procurador Jurídico - Dr. Guilherme Abib, durante reunião com as equipes do Programa “Estratégia da Saúde da Família (ESF)”, na manhã de quinta-feira (09/04), no Antigo Lar das Meninas.
Conforme Abib, entre tantos desafios e as várias inovações do Governo Municipal nesta gestão do prefeito Roque Montagner está a Coleta Seletiva de Resíduos.
No encontro, ele ressaltou que o Município além da coleta regular também passou a ter a coleta seletiva, e que o antigo lixão está servindo somente para transbordo do lixo para Santa Maria. Ao mesmo tempo, Guilherme Abib parabenizou os integrantes da Associação de Catadores Sepé Tiaraju, pelo trabalho que estão desenvolvendo no recolhimento do lixo através do caminhão-baú do Projeto Minuano. Segundo ele: “O fato de não termos mais o lixo em São Gabriel, atualmente aumentou o custo para o Poder Público, mas isso, aos poucos vai sendo revertido, pois de acordo com a conscientização de cada munícipe em separar na sua própria casa os tipos de lixo para que os catadores da Associação recolham selecionados, terão, no mínimo, duas vantagens, ou seja, o aumento da renda para cada família de catador e também o Município poderá vender uma maior quantidade, já selecionados, para a empresa de Santa Maria, aumentando a receita”, afirmou.
Referindo-se direto aos agentes do ESF, o Procurador Jurídico destacou a relevância de cada um, durante suas visitas as residências das famílias gabrielenses, em esclarecer e explicar sobre a correta segregação e separação do lixo. Conforme ele, nos próximos dias, os agentes estarão visitando o antigo lixão; a margem do Rio Vacacaí e o galpão onde os catadores da Associação Sepé Tiaraju efetuam a separação e seleção do lixo, com a finalidade de visualizar e conhecer todo o processo, pois de posse destes conhecimentos, terão as reais condições de transmitir e ensinar os outros, iniciando tudo dentro da sua própria casa. “Também realizaremos uma reunião com a Coordenadora do ESF - Francielle Gomes Correa para que sejam feitas visitas nas residências dos próprios agentes, que são verdadeiramente as células transformadoras para conscientizar toda a comunidade gabrielense”, enfatizou Guilherme Abib.
Na ocasião, a Presidente da Associação Sepé Tiaraju - Maria Otília Machado, apresentou dados importantes sobre os procedimentos fundamentais para uma correta coleta seletiva de resíduos. Ela também salientou que hoje, os catadores ainda encontram algumas dificuldades no recolhimento, citando exemplos, como: a mistura de papel higiênico com latinhas de cerveja, de lixo seco com orgânico, entre outros. “Com certeza com o apoio de cada um destes agentes, e de todos os nossos parceiros, gradativamente vamos trabalhando na conscientização da população. Hoje, nossa principal preocupação é para que o lixo já chegue separado no galpão”, frisou Otília.
Durante o encontro, foram divulgadas inúmeras informações, entre elas, sobre a destinação dos produtos eletrônicos, como: televisores, baterias de celulares, pilhas, lâmpadas, etc, contando com a interação importante da Bióloga - Juliane Munhoz - da SEME, do Engenheiro Agrônomo e professor da UNIPAMPA - Dr. André Copetti e do Gestor Ambiental - Eduardo Abib, o qual possui excelente experiência na questão “matéria-orgânica”. 
Participaram também da reunião: os secretários municipais - Valtemar Freitas Ribeiro (de Serviços Urbanos), Tani Vieira (de Gestão e Relações Comunitárias); Céres de Souza - representante da Secretaria de Trabalho, Indústria e Comércio; Dagoberto Machado - Fiscal Municipal da Coleta Seletiva, entre outros.
Por sua vez, o prefeito Roque Montagner ressalta mais uma vez a importância da coleta seletiva, seus benefícios à população, para o meio ambiente e para as gerações futuras, pois isso funcionará também como um processo de educação ambiental na medida em que sensibiliza a comunidade sobre os problemas do desperdício de recursos naturais e da poluição causada pelo lixo. “Pedimos a conscientização e colaboração da comunidade com mais esta ação da Administração, pois é impossível manter-se o tão almejado padrão de qualidade de vida que tanto se orgulham, sem levar em consideração a questão ambiental”, finalizou o prefeito.