MÉDICA CUBANA LANÇA PROJETO DE CONSCIENTIZAÇÃO DA SAÚDE DA MULHER NO BAIRRO ÉLBIO VARGAS

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMS) lançou na tarde de quarta-feira (08), no Bairro Élbio Vargas, o Projeto de Conscientização da Saúde da Mulher. A proposição – assinada pela médica cubana Yudaimi Vera Arias – tem a colaboração da enfermeira Layla Moratelli e de Agentes Comunitários de Saúde do Programa Estratégia Saúde da Família da UBS Nosso Sonho. As atividades começam às 14 horas na sede do Centro de Atendimento da Assistência Social (CAAS). De acordo com a médica, o público alvo é formado por mulheres dos 25 aos 69 anos, todas moradoras dos bairros Dr. Dácio, Élbio Vargas, Santa Regina, Gabrielense, Bela Vista, Santa Izabel, Honório e Residencial Antônio Trilha.
O projeto visa orientar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e do câncer de colo de útero, para que se consiga um tratamento de sucesso. “É importante que as mulheres realizem consultas periodicamente com seu ginecologista ou médico da equipe de Estratégia Saúde da Família, para que façam o preventivo, pois através do resultado desse exame é possível identificar e tratar o câncer de colo de útero, e também outras doenças”, explica Yudaimi.
Conforme o projeto, através do auto exame das mamas é possível identificar algumas alterações mamárias que podem ser fundamentais para o processo de descoberta da doença. “Por isso é importante que as mulheres saibam realizar o auto exame, e que façam também a mamografia para um diagnóstico preciso do câncer de mama”.
A palestra irá fornecer toda a informação necessária para as mulheres, especificando como se desenvolve a doença, os fatores de risco, prevenção e tratamento.

SAIBA MAIS
O câncer do colo do útero é o terceiro mais incidente na população feminina brasileira, excetuando-se os casos de câncer de pele não melanoma. Impulsionado pelo Programa Viva Mulher, criado em 1996, o controle do câncer do colo do útero foi reafirmado como prioridade no plano de fortalecimento da rede de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer, lançado pela presidente da República, em 2011.
As diretrizes aqui apresentadas atualizam a linha de cuidados e destacam o papel e as ações do INCA no controle do câncer do colo do útero. O objetivo é oferecer aos gestores e aos profissionais de saúde subsídios para o avanço do planejamento das ações de controle do deste câncer, no contexto da atenção integral à saúde da mulher no Brasil.