Termina Greve dos professores em Vila Nova do Sul

Na manhã da quinta-feira(16), aconteceu uma reunião entre a Secretaria Municipal de Educação, o Conselho Municipal de Educação, o Sindicato dos Servidores Municipais, a Secretaria Municipal de Educação e representantes da Comissão de Estudo do Plano de Carreira do Magistério Municipal. Desta reunião resultou o acordo de que documento final, revisto e publicado na reunião, seria entregue à Câmara de Vereadores na manhã da sexta-feira (17).
Paralelamente foi assinado, entre os respectivos representantes, um acordo de recuperação dos dias letivos por parte dos professores, e o compromisso por parte do Executivo Municipal de abonar e restituir a efetividade dos professores suspensa por Decreto Executivo na quarta-feira (15).
Este acordo foi tema de outra reunião, entre os professores municipais e a assessoria jurídica do Sindicato, na tarde de quinta-feira, acenando-se para a possibilidade de termino da paralisação frente a efetivação do acordo. 
Conforme combinado, o documento foi protocolado na manhã desta sexta-feira; os professores municipais reunidos em Assembleia Geral convocada pelo Sindicato dos Servidores Municipais deliberaram pelo término do movimento e o retorno das atividades educacionais no município a partir da quarta-feira, dia 22 de abril.
O professor Giovane Jardim que em nome do Conselho Municipal de Educação organizou a reunião de quinta-feira afirma que “foi um momento singular de diálogo entre os representantes, e o entendimento mútuo só foi possível porque ambas as partes souberam ceder, dando assim procedimento a discussão do Plano na Câmara Municipal de Vereadores e o restabelecimento das atividades educacionais.”
Continua ele, “quem saiu vencendo foi o diálogo; os professores continuarão mobilizados na discussão com o Poder Legislativo; embora as atividades reiniciam na quarta-feira, muitas coisas necessitarão ser restabelecidas ao decorrer do ano, dentre elas o diálogo entre a Secretaria Municipal de Educação e os professores, e de ambos com a comunidade escolar”, finaliza.