Escolas funcionam normalmente em São Gabriel mesmo com protestos

A Secretaria Municipal de Educação (SEME) confirmou que as aulas perdidas durante os dias de mobilização dos professores municipais serão recuperadas num sábado. “Nenhum aluno será prejudicado”, disse a secretária de Educação, professora Nilvanês Jobim.
Segundo a SEME, as aulas estão sendo desenvolvidas parcialmente em quase a totalidade das instituições de ensino. Apenas a Escola Municipal Ginásio São Gabriel está 100% paralisada e, mesmo assim, no período da manhã, profissionais da instituição atenderam 32 alunos que foram até o educandário.
No Bairro Independência, a Escola Presidente João Goularte abriu as portas para os cerca de 500 alunos, 150 foram até a instituição.
Na Escola Carlota Vieira da Cunha, as aulas também foram parcialmente interrompidas. Dos alunos que foram até o educandário, os professores formaram turmas e desenvolveram atividades.
A Secretaria Municipal de Educação está orientando os pais que encaminhem os alunos para as instituições de ensino. Não existe determinação para que as escolas paralisem as atividades.

EDUCAÇÃO INFANTIL – As escolas de educação infantil estão funcionando normalmente nos dois dias de mobilização. A programação normal foi mantida e não houve adesão da classe ao movimento.
As demais escolas, de um total de 36 no Município, continuam desenvolvendo suas atividades normalmente.