Textículos do Mário Mércio

Mário Mércio
Escritor e colunista do site

MAIORIDADE PENAL: 
*QUEM POUPA OS LOBOS, CONDENA O REBANHO (Victor Hugo) 

Nessa discussão de maioridade penal prefiro deixar que os CONGRESSISTAS discutam e façam o melhor para o povo. Pois o povo já provou que não sabe escolher. 
Apenas vou meter meu bedelho onde me apraz: A LEI. 
E na Lei, na fria Lei, o que é justo e o que deve ser cumprido é que matadores menores de 18 anos hoje são na maioria, acometidos de psicopatias ou sociopatias, que não os tornam impuníveis pela lei, mas que submetidos por análises e laudos psiquiátricos facilmente se verá que são pessoas irrecuperáveis. Só quem nunca lidou com essa gente pode duvidar disso, nos garante o Prof. E Promotor de Justiça Eugênio Paes Amorim (RS). 
E é aí que está a base principal para a fixação de idade limite da responsabilidade penal: A POLÍTICA CRIMINAL. 
É a política criminal que vai dizer, através dos exames desses marginais, seja que idade tenha 12 a 17 anos 11 meses e 29 dias, se ele pode e deve cumprir pena corporal. 
Pensem comigo: responsabilizando os de 16 a quase 18, o tráfico vai buscar os de 15 e até 12 anos. Mas se estes forem submetidos a exames psiquiátricos e social ai tudo muda de figura. 
Devemos ter em mente também, lógico; que a política criminal de HOJE não é a mesma de 1940, quando foi feito nosso código penal. A criminalidade hoje é uma hemorragia que não estanca. Os meninos de agora não são os mesmos de 1940, 50, 60, etc. Hoje não usam mais calça curta e nem jogam bolita. Hoje não respeitam professores, pais e nem a polícia. E nem perdem a virgindade na zona, de tanta piranha nas ruas. Hoje eles votam, escolhem presidente, mas e deveres? Quais deveres eles possuem? Nenhum... 
Pela política criminal tudo fica mais simples... Matou tem que pagar. Com isso se restabelece minimamente a ideia de vida em sociedade. 
Mas sei que qualquer punição de assassinos juvenis não vai PASSAR NO CONGRESSO, pois o governo tem MAIORIA e o governo, sabemos, possui IDEOLOGIA EM DEFESA DE BANDIDOS, que invadem terras, propriedades produtivas, quebram lojas, ateiam fogo em ônibus, bloqueiam estradas, etc... 


Por isso fica o título acima como um alerta*.