Mais de 400 pessoas prestigiam seminário jurídico da Urcamp

Evento contou com a parceria da Associação dos Defensores Públicos do RS

Com o objetivo de qualificar cada vez mais a formação acadêmica e profissional, a URCAMP-São Gabriel tem firmado parcerias importantes. De acordo com o Pró-Reitor do Campus, Hélio Lemos Menna, a meta é fortalecer a estratégia de aprimoramento do Ensino Superior.
Na última semana de maio, foi a vez do Curso de Direito, que juntamente com a Associação dos Defensores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul realizou o Seminário Jurídico. Segundo a Coordenadora do Curso, Professora, Ana Paula Torres, o evento superou as expectativas, já que mais de 400 pessoas passaram pelo Auditório Don Felix de Azara nos dias 26, 27 e 28 de maio de 2015.

Terceira noite do evento
Além de contemplar os acadêmicos com o conhecimento dos profissionais da Defensoria Pública de São Gabriel, foram sorteadas obras de autoria dos palestrantes e ainda, duas bolsas de estudo para o Curso Regular Extensivo da Escola da Defensoria Pública do RS. As vagas disponibilizadas pela Associação dos Defensores Públicos do Estado, contemplaram os acadêmicos Frutuoso Viríssimo P. P. Neto e Vanessa Caon Estochero.
Na avaliação da Pró-reitoria do Campus–São Gabriel, o Seminário do Curso de Direito corresponde plenamente ao processo de aprimoramento da formação: “O papel da Universidade é oferecer ao acadêmico uma gama de possibilidades para que ele vislumbre as perspectivas que abrangem a sua formação. Temos certeza que esse Seminário Jurídico, da forma com que foi organizado, com uma temática atualizada somada ao alto nível de conhecimento dos profissionais palestrantes, veio fortalecer a cultura jurídica dos nossos alunos”, destacou o Pró-Reitor.

SAIBA MAIS
O Seminário Jurídico foi aberto com a palestra “Processo Civil”, dos Defensores Públicos Patrícia Kettermann, Felipe Kirchner e Marcelo Bartamann Oliveira. No segundo dia o assunto “Execução Penal” foi abordado pelos palestrantes e Defensores Públicos, Mariana Py Muniz Capelari e Luciana Artus Schneider e pelo Promotor de Justiça, Frederico Lang. No encerramento do evento, dia 28, o tema foi “Tribunal do Júri”, abordado pelo Defensor Público Mário Rheingantz, pela Juíza de Direito, Juliana Capiotti e também pela Promotora de Justiça, Aline Baldissera.