Reunião articula implantação da Sala Lilás em Alegrete

Coordenadora de política para as mulheres Preta Mulazzani e delegada Patrícia Sanchotene debatem com grupo sobre a implantação da Sala Lilás
Alegrete - Nesta quinta-feira (18), a coordenadora de Políticas Públicas paras as Mulheres e vice-prefeita, Preta Mulazzani, reuniu-se com a Diretora do Departamento de Direitos Humanos, delegada Patrícia Sanchotene, a corregedora do Instituto Geral de Perícias (IGP), Elisa Gallardo e a arquiteta do IGP, Cintia Schaan para articular a implantação da Sala Lilás em Alegrete.
Compareceram à reunião representantes do legislativo municipal, o secretário de Segurança e Cidadania, Luis Claudio Maglioli, a diretora de Assistência Social, Vera Freitas, o comandante do 2º Esquadrão da Brigada Militar em Alegrete, Capitão Jean Quatrin, além da administradora da Santa Casa de caridade, Tailise Lemos e as representantes da Unopar, Carlen Fontoura e Rosane Brum.
A reunião tinha como pauta a discussão sobre os encaminhamentos para a implantação da Sala Lilás, local onde mulheres vítimas de violência irão aguardar os atendimentos da perícia clínica, da psíquica e do serviço psicossocial. A Sala Lilás em Alegrete depende agora da conclusão das obras de reforma do prédio onde funcionava o antigo pronto socorro municipal, local onde será a instalada.
Outra necessidade para implantação da sala específica para acolhimento de mulheres vítimas de violência é um profissional formado em Serviço Social ou um graduando que possa fazer estágio. Ao fim da reunião, ficou encaminhado a possibilidade de um convênio com o curso de Serviço Social da Unopar para disponibilizar o estagiário e foi feita uma visita ao local das obras, em que a delegada Patrícia e as servidoras do IGP puderam vistoriar as futuras instalações da Sala Lilás.
Para a coordenadora de Políticas Públicas paras as Mulheres e vice-prefeita, Preta Mulazzani, a reunião foi produtiva. “Agora que a delegada está apropriada do processo da instalação da Sala Lilás em Alegrete, fica mais fácil dar os devidos encaminhamentos para que esta conquista se concretize”, comenta.