Prefeitura anuncia inclusão do Canto Circulista no calendário de eventos do município

O Canto Circulista, criado pelo Círculo Operário Gabrielense (COG) em 2012, passará a compor oficialmente o Calendário de Eventos do Município. O anúncio foi feito pelo prefeito Roque Montagner, na tarde de terça-feira (21), em reunião com dirigentes da entidade. O encontro aconteceu no Gabinete da Prefeitura, com a participação da secretária de Turismo, Cultura, Desporto e Lazer, Maria Luíza Bicca Bragança Ferreira; o presidente do Festival, Gilberto de Moura Mello; o Coordenador Geral, José Fernando dos Santos; e o Presidente de Honra, Alcemir de Lima Prestes. Paralelo ao evento, o COG organiza ainda o Canto Peticinho, criado com o objetivo de incentivar e promover os jovens talentos de São Gabriel. Este ano, o festival chega a sua 4ª edição.
Durante o encontro, a direção do Círculo Operário Gabrielense apresentou a proposta para o evento deste ano. Também foi confirmada oficialmente as datas do festival, com início no dia 14 de agosto e encerramento no dia 16. As inscrições, segundo os organizadores, serão gratuitas e podem ser feitas até sábado (25), na sede da entidade, na Rua Francisco Leivas, nº 125, Bairro Centro.
O regulamento prevê a participação de 14 composições. Elas serão selecionadas num processo de triagem entre as inscritas. As que forem ao palco, receberão a título de ajuda de custo e direitos de arena, o valor de R$ 500,00. Já os vencedores e destaques da competição receberão os seguintes prêmios: 1º Lugar - R$ 1.200,00 + troféu; 2º Lugar - R$ 600,00 + troféu; 3º Lugar - R$ 300,00 + troféu. A música mais popular receberá além do troféu, premiação de R$ 200,00. O 1º Lugar do 4º Canto Circulista entra como classificada para a 22ª Estância da Canção Gaúcha. 
As premiações paralelas (Melhor Tema Campeiro, Melhor Intérprete, Melhor Instrumentista, Melhor Poesia, Melhor Melodia, Melhor Arranjo Instrumental e Melhor Arranjo Vocal) receberão além de troféus, prêmios de R$ 100,00.
Os festivais tem como objetivo incentivar a criatividade poético-musical de compositores, intérpretes, arranjadores e instrumentistas, voltadas à temática e aos ritmos regionais do Rio Grande do Sul, favorecer a revelação de novos talentos e a divulgação de criações artísticas, divulgar e promover o Círculo interagir para com a sociedade, além de promover o município, suas potencialidades socioeconomicas e culturais, através da arte poética e musical.