Talento da Terra: Ainda sem time, goleador do Gauchão fala sobre seu futuro

No último domingo, 5,  a Rádio Gaúcha abordou pela manhã reportagem do jornal Zero Hora que falava sobre o futuro incerto de alguns jogadores que disputaram o último Campeonato Gaúcho e que até uma boa parte estaria atuando em outras profissões momentaneamente.
Até aí nada demais, porém, uma surpresa comentada pela imprensa da capital foi o fato de que o principal goleador da competição, o gabrielense Michel das Chagas Henrique, que fez 11 gols, pelo Passo Fundo, estaria ainda sem time.
Um comentarista da emissora do grupo RBS ainda questionou o fato de o Grêmio não ter investido no atleta de 26 anos, visto que o gabrielense teve uma média de gols melhor que Vitinho, contratado há pouco pelo tricolor.
Outro apresentador informou que o fato de Michel ainda estar sem clube, pode ser relacionado ao fato dele ter um empresário espanhol cuidando de sua carreira e que possa ter deixado de lado o atleta por estar gerenciando jogadores de mais fama.
Comentários à parte, o Coluna Ponto de Vista foi ouvir com exclusividade o próprio Michel para saber porque o goleador ainda está sem time e se as notícias faladas pela imprensa da capital de fato são verídicas.
"Sim eu tenho um empresário espanhol e o nome dele é José Lorenzo e que está trabalhando bastante lá e, inclusive já temos algumas situações e estamos resolvendo detalhes", destacou Michel.
Sobre propostas, o gabrielense diz ter recebido propostas do exterior mas que não pode falar o nome das equipes.
"Aqui no Brasil, fui procurado pelo ABC, Coritiba, Macaé, América-RN, Juventude, Caxias e Brasil de Pelotas, onde com alguns ainda podemos fechar algo. Vamos aguardar, mas teremos novidades nos próximos dias", finalizou.