Prefeito e familiares descerram placa que denomina a Praça Ecológica de “Ramiro da Silva Meneghello”

Momentos de emoção, reconhecimento e de resgate, marcaram a solenidade oficial de descerramento da placa que denomina a Praça Ecológica de “Ramiro da Silva Meneghello”, na tarde do último domingo (23/08), inclusive com a presença dos familiares do homenageado, os filhos - Luis Francisco, Luciano, Jaqueline, Maria Teresa e sua neta Ana Carolina Meneghello Maciel. 
Na ocasião, a Secretaria de Turismo, Cultura, Desporto e Lazer - Maria Luiza Bicca Bragança Ferreira (Malu Bragança) enfatizou a importância da trajetória política do De Ramiro Meneghello e sua extrema dedicação em prol do desenvolvimento de São Gabriel. Malu disse ainda que a Administração Municipal valoriza o passado e as pessoas que fizeram por São Gabriel. Segundo ela: “Uma cidade que não valoriza o seu passado, não poderá olhar o futuro com bons olhos”, finalizou.
Representando os familiares, muito emocionado, o filho Luis Francisco Meneghello agradeceu a lembrança do Governo Municipal através do prefeito Roque Montagner, ressaltando que a devida homenagem supria uma importante lacuna deixada no passado. Ele destacou que o pai Ramiro Meneghello, foi prefeito durante 31 jan 77 à 31 jan 83 e vice-prefeito por 6 anos, bem como, vereador por 15 anos, dedicando grande parte de sua vida em benefício da comunidade gabrielense. Luis Francisco elencou algumas das realizações do pai, como: a construção da Ponte dos Lagões e do Passo do Rocha; asfalto em várias ruas; construção de escolas e de casas populares, entre outras obras. Também em 1982 foi o homenageado municipal da Semana da Pátria. Luis Francisco relembrou que naquele dia (domingo) marcava a data de aniversário de Ramiro, que estaria completando 93 anos de idade.
Em sua manifestação, o Chefe do Executivo ressaltou que se tratava do reconhecimento da comunidade através do Governo Municipal ao ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-prefeito Ramiro Meneghello, sendo uma justa homenagem para uma pessoa ilustre, extraordinária, dedicada e que muito fez por São Gabriel.
Roque Montagner se reportou, de que certo tempo atrás, andando pelo interior do cemitério municipal, se deparou com uma lápide onde estava escrito o seguinte: “O homem só morre quando os vivos os esquecem”, evocando e na busca de entender aquilo, numa breve reflexão, concluiu que no Brasil inteiro, no intuito de perpetuar a memória de alguém que fez muito, acaba-se denominando com o nome destas pessoas, as praças; ruas; avenidas, centro de eventos entre outras obras em cada município deixando registrado e gravado para que as futuras gerações possam lembrar ou pesquisar sobre a relevância do homenageado para a história e o desenvolvimento do município.
Participaram ainda da solenidade: Luis Pires - Chefe de Gabinete, os secretários municipais: Tani Vieira (de Gestão e Relações Comunitárias e interina de Planejamento e Projetos); Felipe Abib (de Obras, Habitação e Meio Ambiente); Caio Aloy (de Administração e Recursos Humanos); Branca Wiesel - Coordenadora da SEME representando a Secretária de Educação - Nilvanês Jobim; imprensa e convidados especiais.