“Valores Perdidos” é campeã e a mais premiada do 4º Canto Circulista de São Gabriel

“Quem não tira um dia pra pensar na vida, no altar sagrado que o galpão esconde, vai gastar a alma por perder valores, perdendo a si mesmo, sem saber onde”, este refrão da composição “Valores Perdidos” emocionou todas as pessoas que se fizeram presentes no último fim de semana (dias 14, 15 e 16/08) do 4º Canto Circulista de São Gabriel e conquistou a maioria da premiação do Festival, sendo também a grande campeã do evento realizado no CTG Caiboaté, reunindo um grande público, inclusive, com pessoas vindas de várias cidades do RS. A música também garantiu classificação para a 22ª Estância da Canção Gaúcha, que acontecerá nos dias 25, 26 e 27 de Setembro no Parque Tradicionalista Rincão das Carretas.
O Festival é uma realização do Círculo Operário Gabrielense (COG), patrocinado pela Federação dos Círculos Operários do RS (FECORS), e este ano contou com a parceria da Prefeitura Municipal através da SETUR, que inclusive também através de Decreto Municipal passa a integrar o calendário oficial de eventos do município.
Os shows que encantaram o público durante os três dias do evento estiveram a cargo de Vitória Staggemeier; Rafael de Sá Britto e Nilton Ferreira e Grupo Pampa Y Sielo. Já o corpo de jurados foi composto por: Juca Castilhos; Gregório Rodrigues; Jorge Leal; Francisco Luçardo e Rafael Britto.
Antecedendo a entrega da premiação, foram unânimes as manifestações do Presidente do Festival - Gilberto Mello; Alcemir Prestes - Presidente do COG; Maria de Lourdes; Malu Bragança e do prefeito Roque, em destacarem o sucesso do Festival, onde enalteceram a enorme presença de público; a imparcialidade dos jurados; a revelação de novos talentos se referindo ao “Canto Petiçinho”; a qualidade musical; a inspiração dos letristas; o comprometimento de toda a comissão organizadora e parceiros com mais um evento que resgata e valoriza a cultura musical.
Os troféus personalizados entregues aos vencedores foram confeccionados pelo artesão Paulo Bueire - do “Artesanato Campeiro”, além da ótima premiação em dinheiro, o Festival teve cobertura total da imprensa escrita e falada, como: Rádios Batovi; RBC FM e Alternativa FM; Jornal Correio Gabrielense; Blogs Caderno 7 e Mundo Tradicionalista; Sonorização da VDM e filmagem de Pitt Vídeo.
Como forma de valorizar alguns dos colaboradores do Festival também foram entregues os troféus “Amigos do Círculo Operário” aos agraciados: Gilberto Mello; Presidente do COG e ao vereador Adão Santana.

Conheça os vencedores - Resultado Final:

Canto Peticinho
1º Lugar - Valentina Staggemeier - Música - Vaca Parada.

2º Jhordan Rodrigues Souza - Música - Campo e Luz.

Músicas Inéditas
1º Lugar; Melhor Melodia; Melhor Poesia e Campeã aos Olhos do Público - Valores Perdidos (Milonga), Letra: Glauco Moraes Lemos e Osmar Proença; Música: Mateus Alves e Intérprete: Tiago Machado.

2º Lugar e Melhor Arranjo Instrumental - Rosário Ruchiga (Rancheira), Letra: Bento Nildo Goulart, Felipe Oliveira e Osmar Proença; Música e Interpretação - Luiz Felipe Cornel.

3º Lugar e Melhor Tema Campeiro - Palanque (Rasguido), Letra: Mário Lucas; Música: Diego Camargo e Intérprete: Anderson Marques.

Melhor Arranjo Vocal - Tarde de Verão (Milonga); Letra: Jorge Peres Machado; Música: Matheus Alves e Intérprete - Juliano Moreno.

Melhor Instrumentista - Mauro Silva.

Melhor Intérprete - Francisco Oliveira (Músicas - Minha Pampa e Relato).