Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio da URCAMP participam da 81ª Expofeira de São Gabriel

Aproximar os acadêmicos das práticas do setor produtivo. Estreitar a relação entre o aprendizado teórico e a realidade da atividade comercial do campo. Esses são alguns objetivos da efetiva participação dos alunos do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio da URCAMP São Gabriel, na 81ª Expofeira do município. 
Com foco na produção agropecuária, o novo curso traz uma proposta diferenciada para a gestão das atividades do campo e, corresponde ao perfil da vocação regional para o desenvolvimento econômico, o agronegócio. A maioria dos alunos já está inserida no mercado de trabalho. Alguns, atuam em empresas da região, engenhos, propriedades rurais, assistência técnica, ou ainda na venda de insumos. 
Apesar de ainda não ter completado um semestre de execução, o curso ganha avaliação positiva dos acadêmicos. Para o empresário do ramo agropecuário, Willian Oliveira de Castro, as inovações do aprendizado somam muito para o desenvolvimento de sua atividade: “Eu estou utilizando muito o que vejo na aula, no meu serviço. O curso superou bastante as minhas expectativas, pois, estou vendo muitas coisas novas que eu não tinha ideia como funcionavam, principalmente na parte de tecnologia, mas também tem agregado muito na área de gestão, tanto empresarial como no campo”.
A Técnica em Agroindústria e acadêmica, Dariane Garcia Bento de Moura, diz que mesmo sendo pouco tempo de aula, tem suas expectativas superadas em relação ao aprendizado: “O curso está abrangendo muitas áreas, além do que a gente imaginava. Minha expectativa é que a partir de agora, o Agronegócio seja aprimorado em São Gabriel. Me sinto mais preparada tanto na tecnologia, quanto no agronegócio mesmo, esse aprendizado novo, agregou muito às minhas atividades. Eu recomendo que o pessoal faça porque vale a pena!
De acordo com o coordenador, o Engenheiro Agrônomo Marcelo Sarmento, os acadêmicos do Curso Superior de Gestão em Agronegócio estarão preparados para corresponder plenamente às exigências do mercado, “nos deparamos, a cada dia que passa, com novas demandas em termos de competitividade, de gestão, de sustentabilidade e de tecnologia e, para que esses novos desafios sejam cumpridos, o Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio, abre espaço para a discussão de uma série de aspectos importantes e um deles, talvez o mais urgente é a capacitação de recursos humanos”, diz o professor, que, além de possuir Mestrado em Zootecnia na área de plantas forrageiras e Doutorado em Sementes, traz na bagagem, a experiência de ter atuado como educador no Curso de Tecnologia em Agronegócio da Unipampa, em Dom Pedrito e de ter realizado recentemente estágio de aperfeiçoamento de 2 meses, na área de Sementes na Inglaterra. 
O Estande do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio da URCAMP SG, estará até sexta-feira, das 18 às 22h, no Parque de Exposições Assis Brasil. Durante toda a semana, os acadêmicos e os professores além de participarem das atividades da Expofeira, vão desenvolver atividades como, churrasco, carreteiro e rodas de chimarrão. “Todos estão convidados a visitar nosso estande, serão muito bem vindos e quem chegar terá a oportunidade de saber mais sobre o curso, as disciplinas e os benefícios que esta formação oferece”, finalizou o coordenador. 

FIQUE POR DENTRO

O Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio possui Certificação Intermediária, será desenvolvido em seis semestres e em sistema modular. Ao concluir os primeiros dois módulos, o egresso recebe o certificado de Assistente em Agronegócio. Com aproveitamento das disciplinas do 3º módulo certifica-se como Analista em Agronegócio. Concluindo com aproveitamento o 4º módulo recebe o certificado de Supervisor/Coordenador em Agronegócio. Ao término do 5º módulo a certificação é de Gestor/ Consultor em Agronegócio e após a conclusão com aproveitamento do 6º e último módulo, o profissional recebe a certificação de Tecnólogo em Agronegócio. Segundo o Pró Reitor da URCAMP- SG, professor Hélio Lemos Menna, o novo curso abre inúmeras possibilidades de crescimento à região por meio da formação acadêmica: “Com a implantação deste curso, que foi um esforço conjunto da Pró-reitoria com a Superintendência Acadêmica, plantamos uma semente produtiva. Estamos muito satisfeitos com as descobertas dos nossos alunos, e é justamente a avalição deles, que nos faz pensar que o futuro do agronegócio será brilhante para nossa região”.