Enchente: Inocêncio propõe novo sistema contra cheias

A chuva que desabou sobre São Gabriel recentemente, provocando estragos e transtornos na vida de milhares de pessoas, fez o município reviver um drama que não se repetia nas últimas décadas. O nível do Rio Vacacaí subiu rápido demais e inundou as casas na região ribeirinha. O líder do PP, Inocêncio Gonçalves, em visita aos bairros atingidos, propôs uma mudança no sistema contra cheias. Segundo ele, é preciso aprimorar o sistema de previsão de cheias e de riscos de alagamentos, além de identificar edificações vulneráveis. “Essas informações devem subsidiar a decisão de alertar a população e determinar uma eventual desocupação emergencial”, afirmou.
Inocêncio também comentou sobre a necessidade de um estudo para construção de um muro, semelhante ao existente em Porto Alegre, para conter o avanço da enchente. “Esse é um problema crônico que acontece todos os anos. É impossível que não haja uma solução. A Defesa Civil e a Prefeitura, juntamente com a sociedade, precisam criar um comitê permanente para discutir essa questão”, ressaltou Inocêncio, salientando que é chegado o momento de o Poder Público prevenir e não remediar. 
Outro assunto destacado por Inocêncio é com relação a ponte Engenheiro Alfredo Bento Pereira Filho, que liga o Bairro Bom Fim ao centro. “A ponte foi construída na gestão do meu pai e de lá para cá passou por poucas reformas. Há um excesso de peso trafegando diariamente pela ponte. A Prefeitura precisa, salvo melhor juízo, realizar uma detalhada vistoria”, disse. 
Um documento com a proposta para criação de um mecanismo para a articulação de ações de prevenção de cheias e elaboração de um projeto do novo sistema de alerta de cheias foi entregue por Inocêncio ao vereador Caio Rocha, líder da bancada do PP na Câmara Municipal de Vereadores.