ERASMO CHIAPPETTA - Homem de mãos semeadoras

Quando os bons e justos demoram suas partidas
é porque ainda tinham lições a nos ensinarem

Partem assim, feito frutos do tarde, férteis,
para que tivessem mais tempo pela vida semeadora
Professores de lições permanentes

Corações chiappettanos
imigraram do outro lado do Atlântico
Aqui semearam e colheram sabedorias
Dignas descendências

Em 1976
Erasmo Chiappetta
Governador de minha São Gabriel
comprou para as escolas do Município
50 livros do inquieto Homem-Autômato
Primeiro sopro na minha árdua jornada literária

Livro inaugural do moço que deixara a família
seguindo o rastro do primeiro amor de sua vida
Inesquecíveis a Musa porto-alegrense, a Poesia,
o Prefeito amigo

Boas luzes o levem a campos ainda mais férteis
Dr. Erasmo
E de lá continue a semeadura de boas lavouras
Porque em todos os mundos há seres famintos
a serem saciados pelas mãos de bons semeadores

Iguais às suas 

Rossyr Berny, Porto Alegre, 12/12/15
rossyr@editoraalcance.com.br
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif