URCAMP se fez presente no 3º Simpósio de Ciência do Agronegócio

Atualizar conhecimentos, estar por dentro das novas tendências tecnológicas e de produtos sustentáveis, apresentar estudos e especialmente, disponibilizar as novidades aos acadêmicos. Esses foram os objetivos do coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio da URCAMP SG, o Engenheiro Agrônomo Dr. Marcelo Benevenga Sarmento, ao participar do 3° Simpósio de Ciência do Agronegócio da UFRGS-CEPAN, que aconteceu durante os dias 19 e 20 de novembro em Porto Alegre. 
Na ocasião, o professor da URCAMP apresentou dois trabalhos intitulados: Diagnóstico da vitivinicultura na Campanha Gaúcha e Potencialidades Bioeconômicas da Região do Pampa Gaúcho. Ambas pesquisas abordaram os potenciais e gargalos das cadeias produtivas regionais e foram bastante debatidas com os pesquisadores e profissionais presentes no evento.
A temática do evento neste ano, foi a Bioeconomia, abordagem, que envolve o estudo das práticas e impactos ambientais das atividades econômicas e ações antrópicas. Segundo os princípios da Bioeconomia, pode-se e deve-se produzir, gerando emprego e renda, com baixa emissão de gases estufa e mínimos impactos ambientais. 
Dentre as palestras foram apresentados: Bioeconomia: A Natureza como Limite, com o Prof. Dr. Andrei Domingues Cechin – Pós-Doutorando do CDS/UNB; os “Limites ecológicos ao crescimento econômico”, com o Prof. Dr. Daniel Caixeta de Andrade – Instituto de Economia – IE, Universidade Federal de Uberlândia – UFU; “Economia Verde e Sustentabilidade”, Prof. Dr. Daniel Caixeta de Andrade – Instituto de Economia – IE, Universidade Federal de Uberlândia – UFU.
Também foi apresentada uma pesquisa realizada pela Doutoranda do CEPAN/UFRGS, a Méd. Veterinária Gabriela Allegretti, que abordou o tema: A Pegada Hídrica da Pecuária. 
Para o coordenador de Tecnologia em Agronegócio da URCAMP, os trabalhos apresentados comprovam a possibilidade do desenvolvimento econômico estar em harmonia com a preservação ambiental: “Diversos trabalhos tem demonstrado que a atividade pecuária feita com base em campo nativo bem manejado, como a realizada em boa parte da Campanha Gaúcha, emite baixa quantidade de gases estufa além de contribuir para o sequestro de carbono atmosférico pelas demais atividades humanas”, destacou Marcelo Benevenga Sarmento, ressaltando ainda, a apresentação de algumas ecoinovações como o plástico verde, produzido a partir de uma resina derivada do etanol de cana-de-açúcar e ainda outra realizada de produto renovável, utilizado em países da Europa, Ásia e América do Norte, exposto pelo Sr. Pedro Henrique Aialla Deróbio – da BRASKEM. 
Outro produto apresentado foi a bioresina, produzida a partir de gomas e resinas da espécie Pinus elliotti, muito cultivada na América do Sul e do Norte, tema apresentado pelo Prof. Dr Arthur Germano Fett Neto– UFRGS.
O Simpósio teve grande participação de professores, pesquisadores e profissionais do agronegócio e meio ambiente do RS e de vários estados Brasileiros. Segundo o Pró- Reitor da URCAMP, professor Hélio Lemos Menna, a participação do coordenador no Simpósio da UFRGS é um ponto positivo que irá somar na formação dos futuros Tecnólogos em Agronegócio. “Agradecemos a disponibilidade do professor Marcelo, que além de apresentar suas pesquisas nesse evento, com certeza trará muitas informações importantes para a atualização dos nossos alunos”, destacou o pró-reitor.