Projeto de Lei de Sildo cria "Ecoponto" para o descarte consciente de lixo na cidade

O vereador Sildo Cabreira (PDT) apresentou nos últimos dias, Projeto de Lei que cria uma alternativa organizada para o descarte correto do lixo em São Gabriel. Denominado de "Ecoponto", o projeto visa a criação de um espaço adequado e favorável para o descarte de lixos volumosos em desuso.
Sildo explica que esta ação consiste em uma entrega voluntária dos lixos, ou seja, as pessoas devem levar os objetos ou solicitar a uma unidade especializada da Prefeitura que o faça, mediante pagamento de uma taxa de retirada e leve até o Ecoponto, onde o lixo descartado deverá ser colocado em containers de cores específicas para cada tipo de lixo, em um ponto de fácil acesso. O projeto prevê ainda que no mínimo duas vezes por semana, o município deverá recolher o lixo acumulado no local.
"Cada container terá uma cor determinada para um tipo de lixo. Além de descartar, o cidadão pode ter oportunidade de retirar objetos que estiverem em condições de uso para recuperá-los", explica Sildo. Os containers teriam a correspondência de cores: amarelo, para embalagens de plástico, metal e embalagens de cartão para bebidas; azul, para depósito de papel e cartão, móveis e madeira; verde, para vidros; vermelho, para descarte de pilhas e materiais eletrônicos; também é previsto o descarte de óleo de cozinha em tonéis na cor vermelha. O projeto foi aprovado e segue agora para sanção prefeitural, para ser transformado em lei.

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA - O vereador Sildo ainda apresentou os Pedidos de Providência nº 109 e 110, que solicitam a substituição de vidros quebrados e telhado na Escola Municipal Dom Pedro II, no Bairro Santa Clara. O parlamentar justifica os pedidos por transtornos causados no local, onde os professores e alunos já sentem os prejuízos dessa falta de manutenção.