São Gabriel realizará campanha contra a Gripe "A" entre os dias 25 de Abril e 20 de Maio

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou na última segunda-feira, 18, que a campanha de vacinação contra gripe será desenvolvida entre os dias 25 de abril e 20 de maio. A data inicialmente prevista para o início da distribuição das doses era dia 30 deste mês, mas por orientação da Secretaria de Estado foi antecipada. No sábado 30 será realizado o "Dia D" de mobilização em todo o Rio Grande do Sul.
Em São Gabriel haverá vacinas para um público de 20.763 pessoas dentro dos grupos prioritários. Entre elas estão 3.418 crianças de seis meses a 4 anos; 1.045 trabalhadores em saúde; 574 gestantes; 94 puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); publico penintenciário (presos e funcionários do Presídio Estadual); 6.500 doentes crônicos; e 9.121 idosos (pessoas com 60 anos ou mais). Em todo o Estado serão mais de 3,5 milhões.
Os públicos – que não sofreram alteração em relação a 2015 - foram escolhidos levando-se em conta quem possui mais chances de desenvolver complicações a partir da gripe. Estudos científicos utilizados pelo Ministério da Saúde demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em, aproximadamente, 50% nas doenças relacionadas à Influenza.
Cerca de 50 profissionais estarão atuando diretamente na campanha. Conforme o setor de imunizações da Secretaria da Saúde, as vacinas estarão disponíveis em todos os postos. Os horários de atendimento, no entanto, serão diferenciados. Confira: Posto Central - em frente à Santa casa, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 17h; Unidade Brandão Júnior, das 8h30min às 17h, permanecendo aberta ao meio dia; Demais Unidade de Saúde, das 8h30min às 12h e das 14h às 17h. Pacientes acamados serão imunizados em casa após agendamento feito por agentes de saúde.
No Dia D, as Unidades de Saúde funcionarão das 8h às 17h. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, a vacinação no interior do Município também será desenvolvida com a participação de agentes que atuam nos ESFs Santa Clara e Esplanada. Mesmo assim, a SMS projeta para o dia 7 de maio uma grande mobilização na zona rural visando completar o processo de imunização da população do campo.