Secretária da Saúde vai ampliar o número de descentralizações com a unidade móvel

A Secretaria Municipal da Saúde transferiu a abertura do novo cronograma de atendimento ao homem do campo por causa do mal tempo. A descentralização da SMS e de todos os setores que acompanham a Unidade Móvel de Saúde deveria acontecer nesta quarta-feira (13), na Escola Maria Manoela, no Assentamento Guajuviras. A coordenação do programa ainda não confirmou a nova data.
A primeira fase foi encerrada na terça-feira (05/04), também no Azevedo Sodré. No total, em dois meses, as equipes do ESF Esplanada e Unidade Móvel atenderam moradores dos quatro cantos do Município. De acordo com o prefeito Roque Montagner, que divulgou os números do programa nesta quarta-feira, a Secretaria da Saúde levou atendimento médico e odontológico para mais de 30 localidades. 
A Secretaria ainda disponibilizou, nos locais, coleta de preventivo, testes rápidos, atendimento de enfermagem, encaminhamento de exames e procedimentos, pesagem do Programa Bolsa Família e entrega de medicamentos. 
Com o novo cronograma, a SMS deverá ampliar o número de descentralizações com, pelo menos, mais dois pontos em duas localidades: Passo do Rocha e Canta Galo. A previsão é de que a Unidade Móvel vá até elas já na próxima semana.
No encerramento da primeira fase do programa mais de 100 pessoas atendidas. A descentralização aconteceu na casa da senhora Santa Brígida Castro Silveira. Ela disse que nunca imaginou receber equipes médica, odontológica e de enfermagem na sua residência, possibilitando que os moradores da comunidade fossem atendidos sem ter que se locomover para São Gabriel ou Rosário do Sul, locais onde antes eles procuravam recursos.
Levantamento feito pela Coordenação do Programa revelou que a população daquela região buscava atendimento na cidade de Rosário do Sul por causa da proximidade e, na maioria das vezes, pagavam consultas particular em clínicas particulares.
"Hoje, com o cronograma da Unidade Móvel de Saúde fixo (a cada dois meses), elas têm a certeza de que o médico estará no local fazendo o acompanhamento e dando continuidade ao tratamento", explica uma das coordenadoras, Gisele Cunha.
A presidente da Associação dos moradores, Agricultores e Pecuaristas do Azevedo do Sodré, Clair wortmann da Silva, elogiou o serviço e reforçou a necessidade da manutenção deste trabalho. Ela ainda destacou a ação dos Agentes de Saúde. Segundo a dirigente, o Estratégia Saúde da Família facilitou o acesso dos moradores do interior a consultas médicas e serviços na UBS. "A permanência do agente comunitário (sendo ele da comunidade do Sodré) é imprescindível para fortalecer os vínculos do morador da área rural com os serviços de saúde", argumentou.
A médica Alianne Perez Olivera é a responsável pelo atendimento as localidades assistidas pelo ESF Esplanada na Unidade Móvel no período de férias da doutora Yulianny Rodriguez. Ela realizou visita domiciliar a um paciente (Osmar Rodrigues César) que não tinha possibilidade de se locomover até a Unidade.
"A Unidade Móvel, por onde passa, é sucesso e conta com uma equipe de médico, dentista, enfermeiro, técnico de enfermagem, auxiliar de saúde bucal e agentes comunitários de saúde", finalizou Gisele Cunha.