Preencha seu cadastro e um consultor vai até você

Image and video hosting by TinyPic

São Gabriel já vacinou mais de 11 mil pessoas dos grupos de prioridades

A Secretaria Municipal da Saúde divulgou nesta segunda-feira (02) o número de gabrielenses imunizados no Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe A em São Gabriel. De acordo com o setor de imunizações, 3.199 pessoas foram vacinadas durante as 9 horas de mobilização em todas Unidades Básicas da cidade.
Foram vacinadas 1.517 crianças de seis meses a 4 anos; 911 trabalhadores em saúde; 243 gestantes; 58 puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); 2.909 doentes crônicos; e 5.738 idosos (pessoas com 60 anos ou mais).
No total, a campanha, que começou na segunda-feira (18), já beneficiou 11.376 pessoas dentro dos grupos prioritários, mais da metade da meta estabelecida para São Gabriel. Conforme a SMS, mais de 20 mil gabrielenses estão inseridos na faixa de prioridades. Em todo o Estado serão mais de 3,5 milhões.
A definição deste público levou em consideração quem possui mais chances de desenvolver complicações a partir da gripe. Estudos científicos utilizados pelo MP demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% a mortalidade global e em, aproximadamente, 50% nas doenças relacionadas à Influenza.
Conforme o setor de imunizações da Secretaria Municipal da Saúde, durante o Dia D todas as Unidades de Saúde funcionaram das 8h às 17h.
A campanha continuará até o dia 20 de maio. Os horários de atendimento serão diferenciados. Confira: Posto Central – em frente à Santa casa, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 17h; Unidade Brandão Júnior, das 8h30min às 17h, permanecendo aberta ao meio dia; Demais Unidade de Saúde, das 8h30min às 12h e das 14h às 17h. Pacientes acamados serão imunizados em casa após agendamento feito por agentes de saúde.
No interior do Município também será desenvolvida à vacinação com a participação de agentes que atuam nos ESFs Santa Clara e Esplanada. Mesmo assim, a SMS projeta para o dia 7 de maio uma grande mobilização na zona rural visando completar o processo de imunização da população do campo.