Congresso Gaúcho de Cidades Digitais aborda Comunicação nas Prefeituras

Além de utilizar a tecnologia para integrar secretarias e tornar os serviços públicos mais eficientes, as cidades digitais também aproximam município e cidadão. A comunicação como estratégia de gestão será um dos principais temas abordados durante o 1º Congresso Gaúcho de Cidades Digitais, que será realizado nesta quinta e sexta-feira (10 e 11) em Bento Gonçalves. O evento, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Bento Gonçalves, reúne prefeitos, gestores, vereadores e empresários para tratar de informatização e como transformar as pequenas e médias localidades do Estado em cidades inteligentes. As inscrições são gratuitas para servidores públicos e podem ser feitas pelo redecidadedigital.com.br
Profissionais de Comunicação das Prefeituras de Campo Bom, Caxias do Sul e Canoas participam de um painel sobre o tema, dando dicas aos gestores sobre como otimizar o processo de informação e melhorar a comunicação com os munícipes. Para as Prefeituras de pequenos municípios, o editor de mídias digitais da Prefeitura de Canoas, Rogério Nolasco, ressalta que é possível fazer uma boa comunicação a baixo custo utilizando diversas ferramentas gratuitas disponíveis.
O importante, afirma ele, é ter estratégias traçadas para uma linha de trabalho em conjunto com as secretarias. “Não precisa de grandes investimentos. Com um celular de qualidade, um software free para edição de vídeo e um olhar mais apurado é possível gerar resultados positivos. O importante é ter um profissional que tenha esse perfil multimídia e criatividade para utilizar essas ferramentas. O que o cidadão precisa é de informação bem objetiva e não deixar as pessoas sem respostas”, orienta.
Na opinião do coordenador de Comunicação de Campo Bom, Júnior Reis, o setor precisa ser visto como estratégico na gestão municipal. O município se prepara para dar um novo passo no processo de relacionamento com a população através de um aplicativo, que tem previsão de lançamento para o final deste mês para celular android.
A ferramenta vai permitir, entre outras funcionalidades, que o morador envie demandas para a Prefeitura. “A ideia do aplicativo é a população ter um canal de comunicação na palma da mão. O principal é haver entendimento que a comunicação é a coluna fundamental para o governo. Em Campo Bom, o setor é visto como estratégico e está ligado ao gabinete do Prefeito”, afirma Reis.
Congresso – Segundo o diretor da RCD, José Marinho, o objetivo do evento é promover a troca de experiências e facilitar o planejamento dos municípios ao mesmo tempo em que aproxima Prefeituras do mercado interessado em levar soluções para as localidades. Um levantamento da Rede Cidade Digital mostrou que quase 70% dos Prefeitos do Estado pretendem investir em tecnologia, de acordo com planos de governo protocolados no ano passado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Reflete a demanda social por cidades mais conectadas e interativas, com facilidades que a internet oferece. Esse ambiente ainda não está presente na maior parte dos municípios e por isso a importância de um evento como esse sobre como melhorar a vida das pessoas por meio da tecnologia”, destaca Marinho.
O 1º Congresso Gaúcho de Cidades Digitais tem o patrocínio master da ENW, ouro da Exati Tecnologia; prata da Lema Tecnologia, Delta e W3; bronze do SAJ Procuradorias, Algar Telecom e Prefeitura e Você. A iniciativa tem o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, das Associações de Municípios da Encosta Superior do Nordeste (AMESNE), Região Celeiro (AMUCELEIRO), Turismo da Serra (AMSERRA), Zona de Produção Rio Grande do Sul (AMZOP), Alto Uruguai (AMAU), Vale do Rio dos Sinos (AMVRS), Associação dos Municípios do Planalto (AMPLA) e do Centro do Estado (AMCENTRO), além da Associação Brasileira de Empresas de Soluções de Telecomunicações e Informática (ABEPREST), Associação Brasileira de Internet (Abranet), GTISerra e do Hotel Vinocap.

Comentários