Últimas notícias

Verba de R$ 80 mil começa a ser distribuída para clubes de São Gabriel

Um projeto de lei enviado à Câmara de Vereadores pela prefeitura de São Gabriel, e aprovado pelos parlamentares, distribuirá R$ 80 mil para três clubes da cidade. O primeiro a ser beneficiado será o Palmeiras, que disputa a Série Bronze de Futsal, que receberá R$ 20 mil. Quem também ganhará recursos é o Esporte Clube São Gabriel, para a equipe profissional (R$ 15 mil) e para o sub-17 (R$ 30 mil). A terceira agremiação contemplada é o Esporte Clube Cruzeiro (R$ 15 mil).
O primeiro repasse foi aprovado em sessão ordinária da Câmara de Vereadores na segunda-feira da semana passada. A verba será repassada por meio do Programa de Inclusão e Assistência Social da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Turismo e Cultura. Os valores são referentes a economias feitas pela casa ao longo do ano. Em 2017, o Legislativo devolveu cerca de R$ 1 milhão à prefeitura.
Para o presidente da Câmara, vereador Vagner Aloy (PSDB), a aprovação da lei ajuda a valorizar o esporte e faz com que o município tenha mais condições de se destacar como uma cidade forte no cenário de competições.
"Entidades como o Palmeiras são clubes bem organizados e aptos a realizarem o convênio com o município, pois possuem projetos estabelecidos e um cronograma de atividades com plano orçamentário, além de estimularem o desenvolvimento social", destaca o vereador.
O presidente do Esporte Clube São Gabriel, Roque Oscar Hermes, ressalta que o aporte financeiro recebido pelo poder público, e também por patrocinadores, salvou o futebol no Estádio Sílvio de Faria Corrêa.
"É um valor fundamental para nós. O valor do profissional vai ajudar a fechar as contas da Divisão de Acesso. E, para os meninos, ajuda nas viagens, alimentação, enfim, uma série de compromissos. Por outro lados, temos contrapartidas, como não cobrar mensalidade na escolinha, damos ingressos para a rede de ensino do município. Além disso, também há investimento na infraestrutura do estádio. São incontáveis melhorias que não seremos ressarcidos. Mas o futebol de São Gabriel só existe graças ao poder público e a empresa Urbano", afirma Roque.
A previsão é que até o final deste mês o São Gabriel e o Cruzeiro recebam os seus valores. Após o pagamento, as entidades tem 30 dias para fazer uma prestação de contas.

Fonte: Diário Sm

Nenhum comentário