Últimas

Grupo de Trabalho entre Prefeitura e Ipresg vai tratar do Passivo Previdenciário

Com o objetivo de aprofundar as soluções para um dos maiores problemas estruturais das finanças públicas municipais, representantes do governo municipal reuniram-se na tarde desta segunda-feira, 18 de junho, com diretoria e conselhos de Administração e Fiscal do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de São Gabriel (Ipresg). O encontro entre o prefeito Rossano Gonçalves e a diretora-presidente do IPRESG, Fabiana Pöhlmann Machado, com os conselhos Administrativo e Fiscal respectivamente presididos pelos servidores Danton Flores e Carlos Eduardo Gerzson, teve também a presença dos secretários Artur Goularte (Fazenda), Valdemir “Tita” Jobim (Administração), Rafael Gonçalves (Gabinete), Ricardo Júnior (Planejamento) e a diretora de Licitações e Contratos da Procuradoria Jurídica, Michele Costa, os dirigentes e conselheiros do Ipresg e o atuário Joel Fraga, especialista em perícia e cálculo atuarial para Regimes Próprios de Previdência Social, que realizou o cálculo atuarial da situação previdenciária de São Gabriel. 
Foi deliberada a criação de um Grupo de Trabalho que irá traçar as medidas para debelar o passivo previdenciário do Município. Segundo os dados apresentados pelo cálculo atuarial, somente para enfrentar o passivo o Município precisaria disponibilizar R$ 7 milhões ao ano. “Com todos os dados consistentes à mesa, um grupo de trabalho formado por representantes do Executivo, da diretoria do Ipresg e de seus conselhos, agora vai se debruçar sobre estes dados para construir os caminhos adequados, sempre num ambiente de permanente diálogo e respeito mútuo”, assinalou o prefeito Rossano Gonçalves.

Nenhum comentário