quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Seminário da Assistência Social discute estratégias de combate à violência de gênero

Em celebração aos 12 anos de existência da Lei Federal Maria da Penha, a Secretaria Municipal de Assistência Social, numa iniciativa dos CRAS (Centros de Referência em Assistência Social) e CREAS (Centro de Referência Especializada em Assistência Social) do Município, promoveu de 06, 07 e 08 de agosto, no Espaço Garden, o I Seminário de Ações Preventivas Contra a Violência à Mulher. 
O evento teve como palestrantes algumas das mais renomadas especialistas no tema dos direitos da mulher e combate à violência de gênero do país, como a promotora Ivana Battaglin, que por muitos anos atuou no Ministério Público de São Gabriel e hoje em dia é Promotora de Justiça Especializada de Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher em Porto Alegre, e a juíza titular do 1º Juizado de Combate a Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da capital gaúcha, doutora Madgéli Franz Machado. Outro painelista foi o psicólogo Cícero Pacheco Trindade, da rede pública municipal de Saúde, especialista em violência intra familiar. O momento cultural ficou a cargo do Coral “CRAS em Canto”, projeto sob coordenação da musicista Cláudia Gonçalves e do Ateliê da Dança. 

Durante os três dias do evento, foram discutidos os problemas em torno da violência contra a mulher e as formas de enfrentamento, com a partilha de experiências como o Grupo de Agressores, um trabalho coordenado pelo psicólogo Cícero Trindade, e as ações da juíza Madgéli Franz no fórum de Porto Alegre, entre outras ações locais de conscientização, como o projeto em andamento na Escola Dom Pedro II, Vila Santa Clara. 
A vice-prefeita e secretária municipal de Assistência Social, Karen Lannes, ressaltou a importância da iniciativa. “É fundamental que esse tema seja discutido amplamente com toda a sociedade civil. A violência contra a mulher é uma triste realidade, e um problema de toda a comunidade. O Poder Executivo Municipal está liderando essa iniciativa de diálogo para o enfrentamento dessa grave situação e este seminário constitui uma etapa imprescindível, de formulação de estratégias e conscientização”, destaca.