terça-feira, 25 de setembro de 2018

Lei torna obrigatório o ensino da língua de sinais nas escolas

O município de São Gabriel alcança mais uma conquista em favor da inclusão social de alunos com deficiência auditiva. Durante a sessão ordinária do dia 18 de setembro, foi aprovado o Projeto de Lei, de autoria do vereador Antônio Bertazzo, que torna obrigatório o ensino da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) nas escolas municipais.
Segundo a Lei o ensino deverá ocorrer na forma de oficinas para os alunos da educação infantil pré “A” e Pré “B” ao quinto ano do ensino fundamental. O vereador Bertazzo explica que o projeto foi estudado para que pudesse se tornar realidade. “Nós estudamos de perto este projeto juntamente com a secretaria de educação para que o ensino da língua de sinais seja realmente posto em prática nas escolas da nossa cidade. Nós vemos em diversos municípios muitas leis neste sentido, mas que não se realizam na prática. Aqui encontramos a modalidade de oficinas para começar a implantar esta cultura em nosso município”, explica o vereador.