segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Temporal: em seis horas, mais de 100 milímetros de chuva

O forte temporal na madrugada de domingo, 23, deixou vários estragos por todo o Estado. Conforme a Defesa Civil Estadual, foram atendidas ocorrências em oito municípios gaúchos, com cinco residências atingidas por quedas de árvores ou destelhamento. Em São Lourenço do Sul, na Região Sul, uma família ficou desalojada. A chuva forte e as rajadas de vento também provocaram falta de luz. Segundo a CEEE, RGE e RGE Sul, 363 mil pontos no estado ficaram sem energia elétrica.
Em São Gabriel, a Defesa Civil do município manteve equipes de prontidão durante todo o dia. O caso mais grave foi registrado no Estádio Municipal, no dia em EC São Gabriel comemorava 5 anos de fundação.

O vento forte, durante a madrugada, dobrou as barras de ferro que davam sustentação a cobertura do pavilhão social. O telhado de zinco e a estrutura de metal ficaram sobre as salas usadas pelas emissoras de rádio.
O Corpo de Bombeiros esteve no local e fez as primeiras avaliações. A estrutura, no entanto, só será retirada hoje por equipes da Prefeitura Municipal. A direção do São Gabriel não soube estimar o prejuízo. A avaliação será feita após a retirada dos destroços.
Nos bairros e vilas, as ruas alagaram e a água invadiu algumas residências. Os casos mais críticos foram registrados nas regiões próximas as sangas. 
O presidente da Defesa Civil de São Gabriel e secretário de Obras, Ricardo Júnior, disse que choveu mais de 100 milímetros em menos de 6 horas. O volume, segundo ele, foi muito elevado para pouco espaço de tempo e por isso as sangas transbordaram, impossibilitando a vazão. Ele garantiu que a Defesa Civil dará assistências a todas as comunidades afetadas pelos alagamentos.