terça-feira, 23 de outubro de 2018

Morador da Coronel Soares reclama de lixo em frente a sua casa e diz que rua não é capinada há bastante tempo

No início da tarde desta segunda-feira, 22, o Coluna Ponto de Vista recebeu contato de um morador da Rua Coronel Soares - que preferiu não ter o nome divulgado - que reclamou da situação atual de sua rua.
O leitor reclamou do fato de que vizinhos seus estariam colocando lixo, embora exista uma campanha de mobilização, para o lado de fora aos finais de semana, quando segundo ele não passaria caminhão de lixo por ali, e os sacos acabam sendo rasgados por cachorros, fazendo sujeira em frente a sua casa.
"Já falei com as pessoas mas não adianta. Pelo que sei, existe uma lei que multa quem não segue isso a risca. O pior é que parece que o lixo é meu", frisa.

Além disso, outro problema relatado pelo morador seria referente a falta de capina em sua rua.
"Como vocês podem notar nas fotos, há um certo tempo não é capinada a nossa rua", comenta.


Outro problema informado por ele seria uma água parada há alguns dias na rua, onde segundo ele, o problema é recorrente.
"Toda vez que chove, rompe ali na esquina da Escola Perpétuo Socorro e fica uma ou duas semanas a água correndo naquele local. Já está criando até mosquitos. Gostaria, se possível, que os responsáveis por fiscalizar dessem uma olhada", ressaltou.

NOTA DA REDAÇÃO:

O Coluna Ponto de Vista entrará em contato nesta terça-feira, 23, com a Prefeitura Municipal afim de saber maiores orientações sobre o caso do lixo e sobre a questão da limpeza na rua.